Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº958

ENTRE ASPAS > FIM DE SEMANA, 1 E 2/04

Mídia faz denúncias sobre o governo Alckmin

Por Luiz Antonio Magalhães em 04/04/2006 na edição 375

O governo do presidente Lula não é mais o único alvo das denúncias da
imprensa sobre episódios de corrupção e outros delitos administrativos. Depois
que assumiu a condição de pré-candidato à presidência da República pelo PSDB, o
ex-governador paulista Geraldo Alckmin vem sendo também investigado pela mídia
brasileira. Neste fim de semana, a Folha de S. Paulo denunciou o segundo
caso envolvendo estatais paulistas em uma operação para recompensar veículos de
comunicação que promovam o ex-governador. Informa a Folha: ‘A Companhia
de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (Cteep), empresa do governo de São
Paulo, pagou R$ 60 mil a título de ‘patrocínio institucional’ à revista Ch’an
Tao, da Associação de Medicina Tradicional Chinesa do Brasil, presidida pelo
médico Jou Eel Jia, acupunturista do pré-candidato do PSDB à Presidência,
Geraldo Alckmin. Em janeiro deste ano, ao encaminhar o pedido de um novo
patrocínio para o presidente da Cteep, José Sidnei Colombo Martini, a associação
informou que ‘em contrapartida, o patrocinador terá espaço para matéria de cunho
editorial do assunto que achar interessante’. A publicação deste mês traz na
capa o ex-governador Geraldo Alckmin, que concedeu entrevista exclusiva para a
revista, de propriedade do acupunturista do tucano. Das 48 páginas da revista,
Alckmin aparece em nove, em fotos ou em entrevista. Além disso, na página 10 há
uma resenha do livro ‘Seis Lições de Solidariedade’, sobre a ex-primeira-dama Lu
Alckmin, escrito pelo ex-secretário de Educação Gabriel Chalita.’


Além da nova denúncia, a Folha, em entrevista ao governador Cláudio
Lembo publicada no domingo, questiona sobre o Caso Nossa Caixa, em que o banco
distribiu verba publicitária para órgãos de comunicação aliados do
ex-governador. Lembo disse que o caso já foi apurado e nega a intenção de
reabrir as investigações. A história dos 400 vestidos da ex-primeira-dama Lu
Alckmin também está presente não apenas na Folha, mas nas páginas de
revistas semanais e em outros jornais.


Outros destaques do final de semana são a continuidade do debate sobre a TV
Digital, suites sobre os aspectos midiáticos da queda de Antonio Palocci – até
agora, ninguém consegui ouvir o jornalista Marcelo Netto, ex-assessor de Palocci
na Fazenda e principal acusado de ter vazado o extrato bancário do caseiro
Francenildo Costa para a revista Época, que de sua parte negou a
participação do jornalista Matheus Leitão, filho de Marcelo Netto, na apuração
da reportagem que deu origem à crise e acabou derubando o ex-todo poderoso
comandante da economia brasileira.


Clique nos links abaixo para acessar os textos do final de semana
selecionados para a seção Entre Aspas.


Folha
de S. Paulo – 1


Folha
de S. Paulo – 2


O
Estado de S. Paulo – 1


O
Estado de S. Paulo – 2


Jornal
do Brasil


Último
Segundo


Agência
Carta Maior


Blog
da Época


No
Mínimo


Comunique-se


Caros
Amigos


Consultor
Jurídico

O Globo

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem