Sábado, 25 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

ENTRE ASPAS > FIM DE SEMANA, 6 E 7/3

O Estado de S. Paulo

09/03/2010 na edição 580


REFORMA
‘Estado’ renova projeto gráfico, lança cadernos e amplia portal


‘O Estado inicia no próximo fim de semana dois movimentos simultâneos de renovação, na internet e no papel. Eles acompanham as mais modernas tendências mundiais e oferecem aos editores melhores recursos para que os leitores recebam informações cada vez mais bem organizadas, tanto no território online quanto no impresso.


O jornal terá nova tipografia, com fontes que tornam a leitura mais agradável, e avançados recursos gráficos que aprimoram a organização da página, explicitando ao leitor o que é notícia, análise ou informações complementares. As imagens, tanto fotografias quanto infográficos, serão valorizadas. Novos cadernos serão lançados.


O portal estadão.com.br será totalmente reformulado. Além de novo design e nova lógica de navegação, o site amplia seu cardápio de conteúdos em vídeo e áudio, a interação com os internautas e a conexão com redes sociais e comunidades.


‘Os avanços no papel e no digital se sustentam em nossa crença na convivência entre as mídias’, diz Ricardo Gandour, diretor de Conteúdo do Grupo Estado. A intenção é estar todo o tempo perto do leitor, em todas as plataformas. ‘O Grupo Estado trabalha com o conceito de relógio da notícia: a Agência Estado é o ‘segundo’ (a notícia de altíssima velocidade); o estadão.com.br e a Rádio Eldorado são ‘o minuto’ (notícia em alta velocidade) e o Estadão e o Jornal da Tarde, o ‘dia’ (menor velocidade, mas com a vantagem de analisar, repercutir e ampliar notícias das outras plataformas).’


Para ajudar a definir as mudanças mais adequadas foi contratada a empresa de consultoria e estratégia editorial Cases i Associats, responsável também pelo redesenho de 2004.


O projeto de redesenho começou em julho de 2009 e foi anunciado aos leitores em janeiro. Coordenado por Roberto Gazzi, editor-chefe do Estado, e por Pedro Doria, editor-chefe de Conteúdos Digitais, envolveu uma equipe de 27 profissionais que, com apoio de toda a redação, elaborou as mudanças que começarão a chegar às mãos, aos computadores e aos celulares dos leitores a partir deste sábado, com a publicação do novo caderno Sabático (veja abaixo). No domingo, entra no ar o novo estadão.com.br.


Com navegação mais clara, design elegante e valorização do espaço de vídeos e fotografias, a página inicial do portal segue o conceito europeu de organização. Sempre com duas colunas – uma para o noticiário importante, outra para tudo o que é interessante.


Pedro Doria diz que a reformulação do portal tem dois objetivos. ‘O primeiro é encarar cada editoria como uma comunidade, seja política ou economia, cultura ou tecnologia’, afirma. O segundo é aproximar o site das redes sociais, ‘que já movimentam alguns dos diálogos mais interessantes da web’.


O impresso ganhará novos cadernos e seções e ficará mais agradável de ler, diversificado, analítico. ‘Conversamos muito internamente, visitamos redações em vários países, fizemos muitas pesquisas e filtramos o que mais se adequava ao nosso caso’, explica Roberto Gazzi.


TIPOGRAFIA


As informações serão distribuídas de maneira que cada gênero jornalístico seja imediatamente identificado pelo leitor. ‘Análises, opiniões, cada tipo de texto ganhou uma identidade clara’, explica o diretor de Arte do Grupo, Fabio Sales. Para aumentar o conforto de leitura, será adotada uma tipografia exclusiva. O designer português Mário Feliciano criou as fontes Estado Headline, Estado Fine e Flama especialmente para o projeto. ‘As letras ficaram mais contemporâneas e vão melhorar muito a legibilidade.’


A prioridade do redesenho foi qualificar e ampliar o conteúdo oferecido. Destaque para a área cultural: além do Sabático, a ‘família’ Caderno 2 vai crescer, com o C2 + música, aos sábados, e o Caderno 2 Domingo.


Todos os suplementos receberam nova ‘roupagem’ e tiveram seus conteúdos revisados. Como o novo Estadinho, que ganhou formato de gibi. ‘Vamos expandir o conteúdo editorial, organizando eventos e elaborando debates e publicações extras’, resume Ilan Kow, editor-chefe de Publicações.


No domingo, o Estado circula com um caderno de oito páginas detalhando as inovações.’


 


Projeto dá sequência a avanços


‘O redesenho que o Estado apresentará aos leitores no domingo é resultado de um esforço contínuo de melhoria, que começou com a reforma de 2004.


Assessorado pela consultoria Cases i Associats, o projeto daquele ano deu ao jornal novos cadernos e seções e uma diagramação mais moderna. As inovações seguiram nos anos seguintes com a criação do caderno ‘Paladar’ e a reforma de suplementos.


Agora, o Estado aposta num jornal ainda mais elegante, organizado, analítico e agradável de ler. Em total convergência com o portal ‘estadão.com.br’.


‘Um dos eixos principais do atual redesenho é construir uma linguagem gráfica e editorial própria a partir dos valores do Estadão’, explica Francisco Amaral, da Cases. ‘O que se busca é um jornal mais singular, capaz de se modernizar, ao mesmo tempo que reafirma os valores que construíram o seu prestígio.’’


 


No ‘Sabático’, todas as razões para cultivar o tempo da leitura


‘Antecipando a estreia do novo projeto gráfico do Estado, será lançado no próximo sábado o caderno Sabático – Um tempo para leitura. Voltado para literatura e para o mercado editorial, ele substitui o Cultura, cuja última edição circula hoje. Vai ao encontro de um comportamento já consagrado nas grandes cidades: o de frequentar livrarias nos fins de semana.


‘O caderno passa a orientar esses leitores e consumidores com os melhores lançamentos, reportagens, críticas de livros e ranking dos mais vendidos’, explica Laura Greenhalgh, editora executiva responsável pelos cadernos da área cultural.


Sabático, como o nome sugere, circulará sempre aos sábados. Com essa mudança, foi possível melhorar a distribuição das páginas culturais no fluxo das edições. Com o fim do Cultura, o Caderno 2 será publicado a semana inteira, sem interrupções. Aos sábados, terá o nome de Caderno 2 + música; aos domingos, de Caderno 2 Domingo.


No cardápio do Sabático estão seções como Babel, de notas sobre o mundo editorial, Resenhas, Estante, com os principais lançamentos da semana, e Ofício, que tratará sempre de perfilar escritores em seu ambiente de trabalho. Ao longo das páginas, pequenas notas, ilustrações e frases recortadas do universo cultural. Tudo num projeto gráfico arrojado, que inclui tipografias e cores selecionadas especialmente.


Outro atrativo será um espaço para poesia e haikai, não só divulgando a nova geração de poetas, mas voltando a gerações antigas. Na parte de imagens, serão convidados artistas plásticos para criar ilustrações exclusivas. Sabático também abrirá espaço para a reprodução do trabalho de grandes nomes da fotografia, acompanhando dessa forma uma das tendências do mercado editorial – o livro de fotografias.


INÉDITOS


‘Além disso, Sabático publicará trechos inéditos de obras que estão em produção, tal como fazia o Suplemento Literário’, diz Rinaldo Gama, editor do caderno. Sergio Augusto, que já escrevia no Caderno 2, e o escritor e poeta Silviano Santiago se revezarão como colunistas. ‘É importante salientar que esse não será um caderno só de literatura, mas sobre livros’, explica Gama. ‘Isso amplia muito nosso leque de assuntos.’’


 


Caderno resgatará suplemento que marcou época


‘A criação do ‘Sabático’ serviu também de estímulo para resgatar um pouco do insuperável ‘Suplemento Literário’, caderno cultural que circulou aos sábados no Estado, entre 6 de outubro de 1956 e 17 de dezembro de 1966.


Idealizado por Antonio Candido e dirigido por Décio de Almeida Prado, o ‘Suplemento Literário’ foi uma inovação à época, contando com colaboradores que se tornaram referência em diferentes áreas. Como o crítico Wilson Martins, os ensaístas Paulo Emílio Salles Gomes e Anatol Rosenfeld, o antropólogo Ruy Coelho.


Suas páginas foram ponto de encontro dos talentos da geração e revelaram nomes que se consagrariam não só na literatura, mas no cinema, no teatro, na música, nas artes plásticas. Todo sábado, a seção No Suplemento Literário vai republicar trechos de importantes artigos e resenhas literárias do caderno que marcou seu tempo e fez história no jornalismo cultural.’


 


TELEVISÃO
Globo prefere BBB e mostra festa com muito atraso


‘FLASHES: A cerimônia de entrega do Oscar está prevista para começar às 22 horas (horário de Brasília), mas a Rede Globo, que detém os direitos de transmissão entre as emissoras abertas, promete entrar ao vivo apenas às 23h55, quando enfim terminar a formação de mais um paredão no Big Brother Brasil – até então, serão exibidos flashes e boletins informativos nos intervalos. A transmissão completa só poderá ser acompanhada pelo canal por assinatura TNT, que vai exibir ainda os melhores momentos do tapete vermelho. Sem direito a transmitir a cerimônia, o canal E! Entertainment vai mostrar tudo o que acontecer antes e depois da festa.’


 


******************


Clique nos links abaixo para acessar os textos do final de semana selecionados para a seção Entre Aspas.


Folha de S. Paulo


Folha de S. Paulo


O Estado de S. Paulo


O Estado de S. Paulo


Comunique-se


Carta Capital


Agência Carta Maior


Veja


Tiago Dória Weblog

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem