Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

ENTRE ASPAS > SEXTA-FEIRA, 5/3

PT acusa mídia de abrir guerra ao partido

Por Leticia Nunes (seleção de textos) em 05/03/2010 na edição 579


Leia abaixo a seleção de sexta-feira para a seção Entre Aspas.


 


************


Folha de S. Paulo


Sexta-feira, 5 de março de 2010


 


POLÍTICA


Ranier Bragon


PT diz que mídia faz ‘guerra de extermínio’ ao partido


‘A Executiva Nacional do PT aprovou ontem em Brasília um documento político em que acusa a mídia e ‘amplos setores do empresariado’ de terem se aliado à oposição para reacender o escândalo do mensalão e promover uma ‘guerra de extermínio’ ao partido.


O texto é assinado pelo presidente do partido, José Eduardo Dutra, e ainda pode ganhar emendas no encontro do Diretório Nacional do PT, que será realizado hoje.


‘Faltam projeto e base social à oposição neoliberal, mas ela ainda tem fortes aliados em amplos setores do empresariado, particularmente da mídia, que já começam a criar factoides e falsos escândalos visando enfraquecer nosso projeto’, diz o documento petista.


‘Os recentes episódios envolvendo denúncias vazias contra dirigentes petistas comprovam que a guerra de extermínio ao PT, deflagrada em 2005, está longe de acabar.’


Embora não faça citação direta, petistas disseram à Folha que a menção se refere a acontecimentos recentes: a revelação, feita pela Folha, de que o ex-ministro José Dirceu recebeu ao menos R$ 620 mil de grupo empresarial com interesse na reativação da Telebrás, e reportagens das revistas ‘Época’ e ‘IstoÉ’ sobre investigações do mensalão que citam o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel (PT).


Refere-se, também, a reportagem da Folha que mostrou que o governo não cumpriu o prazo prometido em três de cada quatro principais ações do PAC, gerenciado por Dilma Rousseff (PT).


O encontro de ontem teve também o objetivo de aprovar resolução para tentar enquadrar as seções estaduais do partido que estão rachadas na escolha do candidato ao governo ou ao Senado.


A ideia é impedir a realização de prévias, mesmo que para isso os encontros estaduais tenham de ser adiados.’


 


 


Flávio Ferreira


TV Assembleia gravará deputados em suas bases


‘A atuação dos deputados estaduais de São Paulo em suas bases eleitorais vai sair do ostracismo.


A um custo de R$ 380 mil mensais, a TV da Assembleia Legislativa paulista vai contratar uma produtora para fazer duas ‘reportagens jornalísticas’ por mês com cada um dos 94 legisladores da Casa, percorrendo os redutos deles em todo o Estado.


‘Acontece uma atividade muita pesada no interior e isso não aparece. A ideia é mostrar isso’, diz Antonio Denardi, diretor de Comunicação da Assembleia.


Os eleitores paulistas terão a oportunidade de ver na TV pública suas discussões com os deputados sobre ‘os projetos de lei que são encaminhados para a Assembleia’, afirma Denardi.


O diretor diz que a ‘cobertura jornalística’ vai ser interrompida no período eleitoral, a partir de julho. Indagado se a veiculação do conteúdo com os deputados nos meses anteriores a julho já não confere uma vantagem para os legisladores que vão tentar a reeleição, Denardi respondeu: ‘na verdade eles são eleitos, a atividade parlamentar acontece, ela tem que ser mostrada’.


Esse discurso, porém, não está alinhado com o do presidente em exercício da Casa, Conte Lopes (PTB), que afirmou desconhecer a nova medida. ‘O plenário da Assembleia seria realmente o local para o deputado exercitar suas ideias. O trabalho da TV Assembleia é demonstrar a atuação do deputado no plenário’, afirmou.


Apesar dessa opinião, a licitação para criar a cobertura jornalística está em fase final e, em breve, os telespectadores da TV Assembleia poderão desfrutar da novidade na programação.’


 


 


TODA MÍDIA


Nelson de Sá


Dantas, Arruda etc.


‘Fim do dia, manchete de Folha Online, Valor Online e outros, ‘Justiça mantém De Sanctis à frente de ações contra Daniel Dantas’. Também de UOL, G1 e outros portais, ‘Superior Tribunal de Justiça rejeita afastar De Sanctis de ação contra Dantas’.


Início da noite -e mais rigor. Por Folha Online, Reuters Brasil, UOL, G1, ‘Câmara do Distrito Federal abre processo de impeachment contra José Roberto Arruda’. No ‘Jornal Nacional’, ‘Aberto o processo de impeachment’. Mais algumas horas e, por todo lado, ‘Maioria do Supremo decide manter Arruda preso’.


EUA DIANTE DO BRASIL


Na manchete de papel do ‘Wall Street Journal’, ‘Novo obstáculo às sanções ao Irã’, noticiando que o Brasil ‘repeliu publicamente’ o pedido feito por Hillary Clinton e que diplomatas americanos ‘temem que a oposição declarada pela China às sanções, reforçada por outros atores, enfraqueça a punição de Teerã na ONU’.


A reportagem cita declarações de Lula e Celso Amorim, afirma que ‘os EUA veem o Brasil como ator crucial no debate sobre energia nuclear’ e explica a posição do país por ‘seu agressivo, mas pacífico, programa nuclear’. O apoio ao Irã ‘também reflete seu crescente alcance econômico e ambição’. De todo modo, ‘o Brasil tem credibilidade na questão da não proliferação’.


NO PALCO


O ‘Financial Times’ também publicou longa reportagem, com o mesmo verbo, ‘Brasil repele impulso por sanções ao Irã’. Abrindo o texto, ‘o Brasil deu um golpe contundente nas esperanças de Washington de um consenso internacional para as sanções’. Foi ‘uma indicação da crescente autoconfiança do Brasil no palco mundial -e de seus esforços para traçar um caminho independente de Washington’.


PORTA ABERTA


E a instituição Council on Foreign Relations, de Nova York, postou a longa análise ‘Como ler a posição do Brasil sobre o Irã’. Diz que, na visão de Brasília, ‘as sanções poderiam ser um prelúdio à intervenção’, como no Iraque, e que ‘só vão fortalecer a resistência iraniana’. Alerta que a atitude brasileira ‘não deve ser vista como ataque de antiamericanismo’ e que, para o país, ‘a porta ainda está aberta à negociação’.


ÁFRICA BRIC?


O ‘China Daily’ destacou, de uma visita a Pequim da chanceler sul-africana, Maite Nkoana-Mashabane, que ela ‘argumentou em defesa da entrada da África do Sul nos Brics’, até ‘de maneira agressiva’.


Ela se referia ao ‘grupo de convergência’, como define o diplomata Roberto Jaguaribe, que prepara encontro de cúpula em Brasília, dia 6 de abril. O jornal estatal ouviu um acadêmico chinês simpático à ideia.


‘PAR-A-JEEN-YA’


Ensinando a pronunciar ‘paradinha’, o ‘WSJ’ abordou em reportagem a polêmica sobre a jogada, com vídeo do gol de Neymar. Avisa o jornal que no futebol, ‘quando se trata de criatividade, tem o Brasil e tem o resto’


JIM O’NEILL, TORCEDOR


‘Reconhecido por ter desenvolvido o acrônimo Bric para sublinhar a mudança do poder econômico, do Ocidente para Brasil, Rússia, Índia e China’, o economista Jim O’Neill pode ‘levar cartão vermelho do Goldman Sachs’, onde é economista-chefe. É o que noticia o ‘Guardian’, dizendo que ‘diretores seniores’ do banco questionam o envolvimento de O’Neill, que é de Manchester, no esforço para comprar o Manchester United. A família Glazer, americana, dona do clube, ameaça tirar seus investimentos do banco, informa o ‘FT’.


EM GUERRA


O ‘WSJ’ de Rupert Murdoch está próximo de lançar um caderno de notícias locais e culturais de Nova York, num ataque direto ao ‘New York Times’. Em meio à expectativa do confronto, o empresário questionou o concorrente, em discurso, acusando-o de abandonar ‘o que torna Nova York uma grande cidade’. Diz que os jornais de modo geral, nas metrópoles, confundem ‘custos com valores’ e cortam os segundos. Em longo perfil, a revista ‘New York’ avisa que Murdoch, aos 79 anos, ‘não caminha gentilmente para a noite’.’


 


 


EVENTOS


Globo e RBS criam empresa de eventos


‘A Globo Comunicação e Participações e o grupo gaúcho RBS anunciaram a criação de uma empresa para atuar na área de eventos. O investimento será de R$ 240 milhões.


Segundo comunicado conjunto das duas empresas, a Globo terá uma participação majoritária de 60% na nova companhia, enquanto a RBS ficará com os 40% restantes.


Assinado ontem no Rio, o acordo prevê que a empresa -cujo nome não foi divulgado- irá atuar em promoção, produção e realização de eventos nas áreas de esportes, entretenimento, educação e feiras. As iniciativas, dizem as empresas em nota, serão ‘independentes de suas empresas de mídia’.


A Globo Comunicação e Participações é uma empresa das Organizações Globo -formada por Rede Globo de Televisão, Globosat, Globo.com, Globo Internacional, Globo Filmes, Sistema Globo de Rádio, Infoglobo, Som Livre e Editora Globo, além de participação acionária na Net Serviços e Sky Brasil.


Já o grupo RBS possui 18 emissoras de televisão aberta afiliadas à Rede Globo, 2 emissoras de TV comunitárias, um canal de TV por assinatura, 25 emissoras de rádio, 8 jornais e 4 portais na internet, entre outros negócios.


Há 15 dias a Planmusic, produtora que já organizou no Brasil shows de Rolling Stones, U2 e Beyoncé, e a Traffic, que atua nos setores de marketing esportivo e comunicação, formaram uma empresa de entretenimento.


A união tem um faturamento previsto de R$ 80 milhões neste ano. A Planmusic-Traffic seguiu tendência de fusões e associações que vêm ocorrendo no mercado brasileiro.


A Time 4 Fun (ex-CIE) tem contrato com a americana Live Nation, e a Mondo (que fez shows de Bob Dylan, High School Musical e Iron Maiden) associou-se no final de 2009 ao grupo ABC, do publicitário Nizan Guanaes.’


 


 


TELEVISÃO


Andréa Michael


‘CQC’ 2010 resgata televisor que foi doado a escola e desviado


‘Em 2010, o ‘CQC’ (Band) mostrará desvios de conduta cotidianos que acabam acobertados pela grande corrupção.


Para a reestreia do quadro ‘Proteste Já’, no ar em 15 de março, a equipe do ‘CQC’ localizou, depois de dois meses, uma televisão que havia doado (com um GPS dentro) a uma entidade beneficente. Entregue a uma escola, o aparelho estava na casa de uma dirigente.


No resgate da doação, Danilo, que assumirá o lugar de Rafinha como repórter, ficou em frente à casa da beneficiária, com uma câmera escondida, enquanto a equipe estava na escola. Flagrou uma moça saindo do local com a TV, e correu atrás dela. Tudo filmado.


Além do GPS, a TV tinha embutida uma sirene. Quando a moça corria, a produção disparava o sinal. Surreal.


Justificativa da escola para o deslocamento: o aparelho estava naquela casa aguardando conserto de um ‘sintonizador’. A TV foi entregue na portaria da Band. Mas o ‘Proteste Já’ não acaba por aí.


‘São cenas patéticas, que revelam que o buraco é mais embaixo. Isso é o ‘CQC’, diz Marcelo Tas, âncora do programa.


O filme tem trinta minutos. A equipe ainda não decidiu se o exibe de uma só vez ou se o divide em capítulos.


PASSARELA


O ‘Monange Dream Fashion Tour’, com desfiles e shows do Jota Quest, estará na ‘TV Xuxa’ (Globo) -com seis ações de propaganda. A produção do programa recrutará estudantes de moda e jornalismo em 11 cidades para um concurso de moda. Os finalistas terão suas criações exibidas na TV.


NERDS


‘Greek – Sexo, Livros e Rock’n’Roll’ já tem data para voltar ao canal pago Universal Channel: a próxima parte da segunda temporada começa no dia 23 de abril, às 23h.


AMARELINHA


No ‘Estrelas’ (Globo) deste sábado, Angélica levará Bárbara Paz, a Renata de ‘Viver a Vida’, para pular corda no Cirque du Soleil, que apresenta o espetáculo ‘Quidam’ em SP.


CORTINA


‘A História de Ester’ estreou anteontem com 12 pontos de audiência na Grande SP (720 mil domicílios ligados). Ajudou-lhe o desempenho de ‘Bela, a Feia’, que marcou 16 pontos de média na preferência do público sintonizado antes da estreia -recorde do remake.


TROMBONE 1


Leitores estranharam o sumiço do CNN em Espanhol da TVA. A operadora confirmou que o canal saiu da grade para dar espaço ao TrueTV, especializado em reality shows.


TROMBONE 2


Atentos também sentiram falta da TV Aparecida na Sky. A emissora religiosa desde o último dia 2 está na TVA. Amanhã chega à Telefônica TV Digital.


com CLARICE CARDOSO’


 


 


Clarice Cardoso


Serginho Groisman comemora dez anos de Globo no picadeiro


‘Nasceu em uma reportagem sobre a chegada do espetáculo ‘Quidam’, do Cirque du Soleil, ao Brasil, a vontade de Serginho Groisman de comemorar ali o aniversário de dez anos de seu ‘Altas Horas’ (Globo).


Aí, iniciou-se uma sondagem que, dois meses depois, terminou na gravação de um especial, na terça, na tenda armada no parque Villa-Lobos, em São Paulo. Uma chance para poucos: foi a terceira vez no mundo, e a primeira na América do Sul, em que isso aconteceu. ‘Já era uma vontade antiga. Assisti a cinco espetáculos do Cirque e falei bastante com eles para chegarmos nesse programa’, disse o apresentador.


Sem as costumeiras intervenções do público fazendo perguntas, o programa será diferente, com atrações musicais intercaladas com reportagens de bastidores e números de ‘Quidam’. As cantoras também não estavam por lá, e as músicas de abertura e encerramento dos blocos ficaram por conta da banda dos anfitriões.


Na gravação, apenas Serginho pôde subir ao palco principal. Seguindo regras da companhia, Marcelo D2, Pitty, Maria Gadu e Nando Reis se apresentaram em um pequeno tablado, construído pela Globo. Além deles, outros brasileiros darão as caras no ‘Altas Horas’ nos cinco números do Cirque du Soleil que estarão no programa. Foram escolhidos por Sean McKeown, diretor artístico do espetáculo, e por Serginho, que encerra o programa içado em uma poltrona até o alto da tenda, número que é um dos diferenciais de ‘Quidam’.’


 


 


 


************


O Estado de S. Paulo


Sexta-feira, 5 de março de 2010


 


TELEVISÃO


Patrícia Villalba


Globo estica Força


‘Os episódios da 2ª temporada de Força-Tarefa, prevista para abril, na Globo, terão 40 minutos de produção, 5 a mais que os da 1ª safra. A mudança foi motivada por telespectadores que participaram de grupos de discussão sobre o seriado. ‘Todo mundo dizia ques episódios eram curtos demais’, admite o diretor, José Alvarenga Jr., ao Estado. ‘Estes minutos a mais são fundamentais para o desenvolvimento da história e para criar o clima de suspense. Fora isso, agora estamos no padrão internacional do seriado policial.’


Apesar dos episódios mais longos, a nova temporada terá 10 capítulos – 2 a menos que em 2009. É que o protagonista Murilo Benício terá de ‘descansar a imagem’ para viver o estilista Victor Valentin no remake de Ti-Ti-Ti, que estreia no segundo semestre. Além disso, terá de emagrecer – Wilson é parrudo; Valentin, esbelto.


Logo após a novela, porém, Benício terá de engordar de novo, porque a 3ª temporada de Força-Tarefa está engatilhada para o 2º semestre de 2011. ‘Ah, mas engordar vai ser mole. É o momento em que o ator pode relaxar da pressão de ser galã’, diverte-se o diretor.’


 


 


Entrelinhas


‘O Roda Viva, da TV Cultura, volta a ter exibição ao vivo para a TV, às 22h, sempre que isso for possível para o entrevistado. Na segunda-feira, Dia Internacional da Mulher, a atriz Eva Wilma ocupa o centro do cenário.


Até o fim do ano passado, desde a troca de Lillian Witte Fibe por Heródoto Barbeiro na mediação do Roda Viva, a Cultura havia optado por realizar o programa na faixa das 18 horas e exibi-lo ao vivo apenas na web.


A participação da pequena Laura Montana, no último Qual É o Seu Talento? continua rendendo para o SBT. O vídeo da menina, que se apresentou de Lady Gaga, foi indicado ontem pelo famoso blogueiro americano Perez Hilton.


O Warner Channel sofrerá alterações a partir de abril. Human Target entra no lugar de Warehouse 13, às segundas, às 23h. Já Gossip Girl sairá da grade até que o canal tenha novos episódios.


A boa notícia é que a grade da Warner voltará a ter reprises de todas as séries. Às terças e quartas, nada muda no horário nobre. Terá Cold Case, Two and a Half Men e The Big Bang Theory, das 20h às 22h, quando entra em cartaz a nova V, com reprise também às quartas. Trauma vai para os domingos.


A Globo mudou o batismo da próxima novela das 6. Em vez de Entre Dois Amores, a trama de Elizabeth Jin passa a atender como Escrito Nas Estrelas.’


 


 


INTERNET


Na internet, 1.200 perfis suspeitos de pedofilia


‘Dois anos após o início das discussões e a criação de bloqueios no site de relacionamentos Orkut, ainda existe nessa área da internet material de pedofilia. Por causa disso, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia do Senado determinou ontem ao provedor Google a transferência do sigilo telemático de cerca de 1.200 dados e fotos do site YouTube, postados em páginas do Orkut.


O Google terá cinco dias, a contar do recebimento da comunicação, para repassar todos os dados. O objetivo é identificar o IP – número de identificação – do computador de onde partiu a postagem dos vídeos e fotografias contendo abusos sexuais a crianças e adolescentes. A lista de material suspeito foi elaborada pelo Grupo de Combate a Crimes Cibernéticos da Procuradoria da República do Estado de São Paulo. O presidente da CPI, Magno Malta (PR-ES), explicou que, de posse desses números, será possível requerer a quebra de sigilo telefônico ao qual o computador está conectado e saber quem são os autores das postagens.


Quando foi acertado com representantes do Google um termo de conduta, há 14 meses, a empresa requereu prazo de um ano para criar as ferramentas necessárias para deter o acesso a materiais de pornografia infantil. Hoje ainda são encontrados esses vídeos. ‘Pode ser que essas ferramentas não sejam suficientes’, ressalvou o senador. Por isso, na terça-feira, a CPI deve convidar representantes da empresa para explicar as ferramentas de proteção em funcionamento e os motivos pelos quais ainda estão ativos materiais pornográficos em sites como o YouTube.


DENÚNCIAS


Somente no primeiro bimestre deste ano, a ONG Safernet, que acolhe denúncias de crimes cibernéticos, recebeu 4.632 denúncias de pornografia infantil na web. No ano passado, foram 8.969. A maior parte das denúncias envolve perfis no Orkut.


A Safernet já atuou como parceira da Justiça na maior operação já feita no Brasil contra a pornografia infantil na internet, em maio do ano passado. A Polícia Federal prendeu dez pessoas em flagrante, cinco delas em São Paulo. Desencadeada em 20 Estados e no Distrito Federal, a Operação Turko (anagrama de Orkut) mobilizou 400 policiais.


De janeiro a outubro do ano passado, foram instaurados 70 procedimentos de investigação pelo MPF, ante 34 em todo o ano de 2008. Com mais investigações, mais pessoas passaram a ser denunciadas: 11 ao longo dos 10 meses, ante 4 em 2008. Até outubro, o Orkut foi a fonte de 2.480 denúncias de pornografia infantil. Essas notificações renderam 2.282 solicitações à Justiça de quebra de dados telemáticos.’


 


 


 


************

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem