Sábado, 25 de Maio de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1038
Menu

ENTRE ASPAS >

Tiago Dória Weblog

01/01/2008 na edição 466

RANKING
Tiago Dória

No júri dos melhores e piores em 2007, 28/12

‘Neste ano participei do júri da Folha de S. Paulo que elegeu os melhores e os piores momentos da área de tecnologia em 2007. O Windows Vista foi considerado a pior coisa que surgiu neste ano e o iPhone, a melhor.

Por curiosidade, meus votos foram os seguintes:

Melhores:

1) A internet fora do computador se consolidou. De forma mais efetiva, a web pôde ser acessada não somente pelo computador, mas também por meio do celular [iPhone] e da TV [IPTV]

2) Gravadoras e lojas online de música começaram a abolir o DRM

3) Redes sociais deram os primeiros passos para ‘conversarem’ umas com as outras. E assuntos como interoperabilidade e portabilidade de dados vieram à tona

4) Crescimento e consolidação de novos formatos de mídia, como o microblogging e os próprios blogs

5) Tecnologia touchscreen começou a ganhar mercado

Piores:

1) Bloqueio do YouTube no Brasil

2) A ausência de interatividade na TV digital no Brasil

3) A constante falta de padronização para mensurar a audiência online

4) Blogueiros que publicam posts pagos sem avisar aos leitores

5) Digg baniu, sem avisar, usuários que postaram um código para destravar DVD’s’

 

PASSANDO A LIMPO
Tiago Dória

Em um post, uma rápida retrospectiva, 26/12

‘Janeiro

Cá entre nós, 2007 não começou nada bem para os brasileiros. O acesso ao YouTube foi bloqueado no Brasil. Enquanto isso, lá fora, o lançamento do iPhone era anunciado, e o Joost ganhava um concorrente, o Babelgum.

Depois, por aqui, o COB resolveu proibir a transmissão ao vivo dos Jogos Pan-Americanos pela internet… um Windows Vista, sem grandes novidades, foi lançado… vamos para o mês de fevereiro que é melhor.

Fevereiro

As coisas começaram a melhorar. Steve Jobs publicou uma carta, Thoughts on Music, declarando o fim do DRM. A partir desse documento, algumas gravadoras aboliram o DRM. Teve a Disney apresentando a Web 2.0 para as crianças. E, claro, não poderia esquecer do ‘povo da internet’ que mandou 1.000 bundas para o Bush.

Março

Começou com a realização da 1ª BarCamp Sampa, que serviu de referência para a organização de diversas outras ‘desconferências’ no Brasil.

Na mesma época, foi lançado o Gafanhoto, espaço voltado para a ‘comunidade web’ em São Paulo. O Twitter virou hype lá fora durante a realização da conferência SXSW. E o mês fechou com as comemorações dos 10 anos do primeiro blog.

Abril

Tentativa mal sucedida de lançar um código de conduta dos blogueiros. Narcisismo e voyeurismo ganharam novo impulso na web com o lançamento de sites de ‘streaming media’. Jornalismo cidadão ganhou destaque durante o Massacre de Virginia Tech.

Maio

Com certeza, o mês mais movimentado. Usuários se revoltaram contra os administradores do Digg e resolveram atacar o site. O Pandora foi bloqueado no Brasil.

‘Outsourcing’ chegou ao jornalismo. CBS começou o seu novo reposicionamento, que virou trendsetter. No final, ainda deu tempo de visitar o ‘Orkut dos ricos’. E, para fechar com chave de ouro, aconteceu um encontro histórico entre Bill Gates e Steve Jobs.

Junho

CNN e MSNBC começaram a investir em newsgaming. O YouTube ‘abrasileirou’. Depois, mais para o final do ano, vieram versões da MySpace e do Flickr para o Brasil. Facebook começou a abrir caminho para a 2ª geração de redes sociais. E, com muitas filas, iPhone foi lançado nos EUA.

iG e Uol lançaram o cargo de ombusdman nos portais de internet.

Julho

Talvez pela 1ª vez, o YouTube foi usado para espalhar um trojan. O Live Earth bateu um recorde – foi o evento mais assistido ao vivo pela internet – 10 milhões de pessoas ao mesmo tempo.

Relatório do Technorati apontou uma queda no crescimento dos blogs. E a tragédia do vôo 3054 se tornou um marco para o jornalismo participativo no Brasil.

Agosto

Google passou a usar microformats em mais alguns serviços. Andrew Keen lançou o Cult Of Amateur, livro com duras críticas às mídias sociais. E o hype do microblogging finalmente chegou ao Brasil.

Setembro

Google News foi reformulado – integração com YouTube, parceria com agências e comentários em algumas matérias. Assuntos como portabilidade de dados começaram a vir à tona em discussões sobre redes sociais.

Colmeia.TV lançou o primeiro videocast feito de forma mais profissional no Brasil. Caiu um dos grandes ícones do conteúdo pago na web – The New York Times abriu o acesso gratuito a todo o seu site.

Outubro

Pop!Tech 2007, uma das mais importantes conferências sobre ciência e tecnologia do mundo, trouxe discussões sobre o uso social das tecnologias. Neste ano, blogueiros em todo o mundo foram convidados para cobrir a conferência em diversos idiomas, inclusive este que vos escreve.

Google anunciou o Open Social e o assunto ‘integração de redes sociais’ ganhou espaço.

Novembro

No comecinho do mês, aconteceu, em São Paulo, o ‘Seminário de tendências nas mídias sociais’, que discutiu as últimas novidades na área de mídia e que ajudei a organizar. Começaram os primeiros testes com High Definiton em sites de vídeos no Brasil e lá fora. De quebra, foi realizada a NewTeeVee Live nos EUA. Melhor evento do ano, em minha opinião. Discutiu-se monetização de vídeos online e a convergência entre TV e web.

Dezembro

Uma TV Digital sem interatividade foi lançada no Brasil. Facebook pisou feio na bola com o lançamento do programa de marketing Beacon. O Orkut foi atacado por um worm na madrugada.

E, para compensar o começo do ano, com o bloqueio do YouTube, 2007 fechou com o lançamento do projeto Radar Cultura.

Em resumo, 2007 foi um ano e tanto. Sinal de que estamos em uma época de transição.’

 

******************

Clique nos links abaixo para acessar os textos do final de semana selecionados para a seção Entre Aspas.

Folha de S. Paulo

Folha de S. Paulo

O Estado de S. Paulo

O Estado de S. Paulo

Comunique-se

Terra Magazine

Carta Capital

Tiago Dória Weblog

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem