Terça-feira, 12 de Novembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1063
Menu

ESTANTE DE LIVROS >

No submundo da contravenção

Por Zulcy Borges em 05/01/2016 na edição 884

O livro O Maior Espetáculo da Terra – 30 anos de Carnaval, do economista Luiz Carlos Prestes Filho, foi lançado dia 17 de dezembro último, no Rio de Janeiro, capital, com prefácio do ex-diretor da TV Globo José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, e orelha do ex-presidente do BNDES – Carlos Lessa. No mesmo dia e local foi ainda lançado outro livro: Os Porões da Contravenção, dos jornalistas Chico Otávio e Aloy Jupiara.

E daí? Daí que os dois têm como principais personagens os grandes bicheiros do Rio de Janeiros, com fotos dos mesmos em suas capas. O primeiro, escrito pelo filho de falecido líder comunista brasileiro histórico Luiz Carlos Prestes, fala da importância dos bicheiros para as escolas de samba cariocas, aliás presididas por eles. O segundo denuncia que Castor de Andrade (já falecido), Anísio Abraão, Capitão Guimarães e Luizinho Drummond, colaboraram com a repressão do regime militar nos anos 60 e 70.

Capitão Guimarães e Anísio Abraão, ainda vivos, e muito, estão soltos, de habeas corpus concedido pelo Supremo Tribunal Federal – STF, apesar de condenados em primeira instância a 48 anos de prisão por jogo ilegal, sonegação fiscal, formação de quadrilha e até homicídios, entre outros crimes.

Questionado sobre seu prefácio laudatório no livro de Prestes Filho, Boni disse que só conhece os bicheiros personagens como “pessoas do Carnaval”. Deve ter sido num baile.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem