Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

FEITOS & DESFEITAS > MÍDIA & MERCADO

New York Times reduz prejuízo e amplia base digital

Por Moacir Drska em 31/07/2012 na edição 705
Reproduzido do Valor Econômico, 27/7/2012

A The New York Times Company, empresa que publica os jornais The New York Times e Boston Globe, encerrou o segundo trimestre com um prejuízo líquido de US$ 88,1 milhões, frente à perda líquida de US$ 119,8 milhões divulgada há um ano. “Os resultados do segundo trimestre refletem os nossos avanços no reposicionamento da companhia para um futuro cada vez mais multiplataforma”, afirmou Arthur Sulzberger Jr., presidente do conselho e executivo-chefe da The New York Times Company. “A receita total de circulação cresceu 8%, liderada pelo crescimento de quase 11% no The New York Times Media Group, ao mesmo tempo em que continuamos a expandir nossa base de assinaturas digitais e as receitas com consumidores”, disse.

A receita total registrou um ligeiro avanço de 0,6%, para US$ 515,2 milhões, ante US$ 515 milhões no período correspondente do ano passado. A queda de 6,8% nas receitas de publicidade foi compensada pela expansão de 8,3% nas receitas de circulação, especialmente com o aumento da base de assinantes digitais. Entre abril e junho, as assinaturas digitais pagas atingiram um total de 532 mil assinantes, com crescimento de 13% em relação ao trimestre anterior.

A receita dos negócios digitais, que incluem sites como o NYTimes.com e o BostonGlobe.com, representou 31,4% da receita total da empresa no trimestre. Há um ano, esse índice era de 30,5%. Para o terceiro trimestre, a companhia prevê melhoria nas receitas totais de publicidade e de circulação.

***

[Moacir Drska, do Valor Econômico]

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem