Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

FEITOS & DESFEITAS > OLIMPÍADAS 2012

Pílulas olímpicas 2

Por Eduardo Ohata e Bernardo Itri em 14/08/2012 na edição 707
Notas reproduzidas da coluna “Painel FC nos jogos Olímpicos”, da Folha de S.Paulo

>> 9/8/2012

Tudo tem limite. Teddy Atlas, comentarista de uma TV dos EUA e ex-treinador de Mike Tyson, por pouco não foi expulso da arena onde ocorrem as lutas de boxe nos Jogos de Londres. Atlas estava em transmissão e falava alto que os árbitros eram corruptos. O fato irritou a organização do evento, que ameaçou expulsá-lo da arena no momento.

Adestrado. Para não tirar o comentarista do evento, a organização pediu para colegas de Atlas que o controlassem. A partir de então, um homem ficou ao lado do ex-técnico para tentar impedir que os comentários sobre os árbitros voltassem a ser pronunciados.

Substituição. O ouro conquistado por Arthur Zanetti fez com que o comercial da Sadia, patrocinadora da ginástica artística brasileira, mudasse. Se antes Diego Hypólito tinha destaque na propaganda, agora o ginasta campeão olímpico em Londres se tornou o personagem principal da ginástica na peça.

 

>> 12/8/2012

Piada interna. Dentro da Record, há funcionários que se autoproclamam pés-quentes. Dizem que, apesar da torcida contra da TV Globo, o Brasil alcançou em Londres seu melhor desempenho da história olímpica.

Preço da medalha. Sem grande apoio do COB, o boxe brasileiro, que conquistou três medalhas em Londres, recebeu R$ 3,78 milhões da Petrobras em 2011. O dinheiro destinado à modalidade neste ano será maior: R$ 4,51 milhões. Os outros esportes contemplados por investimentos da empresa não subiram ao pódio nesta edição da Olimpíada.

Contrapeso. Além do boxe, a Petrobras investe em levantamento de peso, remo, taekwondo e esgrima. Embora esses esportes não tenham rendido medalha, a empresa comemorou o resultado de Jaqueline Freire no levantamento de peso. A halterofilista quebrou o recorde brasileiro da categoria até 75 kg e conquistou o melhor resultado do país de uma mulher na modalidade: oitavo lugar geral.

 

>> 13/8/2012

Smile… Uma pesquisa feita ao fim dos Jogos Olímpicos de Londres constatou aumento na felicidade dos britânicos em relação à uma amostra feita antes do início da competição.

…de ouro. De acordo com a pesquisa, 62% da população britânica se disse feliz após os Jogos -um incremento de 9% sobre a anterior. O fato apontado como impulsionador do percentual foi o bom desempenho da Grã-Bretanha na Olimpíada. Embora tenha iniciado mal a competição, gerando até brincadeiras da população local, o país terminou em terceiro lugar no quadro de medalhas, atrás apenas de EUA e China.

***

[Eduardo Ohata e Bernardo Itri, da Folha de S.Paulo]

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem