Terça-feira, 23 de Outubro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1009
Menu

FEITOS & DESFEITAS >

O primeiro jornal só para tablets chega ao fim

Por OG em 11/12/2012 na edição 724

A News Corporation anunciou ontem (3/12) que vai fechar o The Daily, periódico diário exclusivo para tablets, depois de dois anos de existência. A companhia também adiantou detalhes sobre a divisão de seus negócios em dois braços, um editorial e outro de entretenimento. O plano foi aprovado pelo conselho de administração em junho. “Como parte de nossa iniciativa de reestruturação digital, a companhia cessará a publicação diária por meio do aplicativo The Daily em 15 de dezembro de 2012, mas a marca permanecerá viva em outros canais. Os ativos de tecnologia e outros pertencentes ao The Daily, incluindo alguns funcionários, serão transferidos para o The Post”, informou a News Corp. em comunicado.

Jesse Angelo, fundador e editor-chefe do The Daily e durante muito tempo editor-executivo do The New York Post, assumirá o cargo de publisher do The Post.

Lançado em 2 de fevereiro de 2011 como versão exclusiva para iPad, o The Daily vinha apresentando prejuízo anual de cerca de US$ 30 milhões, apesar dos mais de 100 mil assinantes pagantes. Rumores de um possível cancelamento do diário vinham circulando desde julho de 2012, ocasião em que o site demitiu 50 pessoas de sua equipe de 170. The Daily, depois da versão só para iPad, expandiu-se para Samsung Galaxy Tab 10.1 e para o Facebook. “The Daily foi um experimento ousado em publicação digital e um veículo fantástico para a inovação. Infelizmente, não conseguimos encontrar um público suficiente para nos convencer que o modelo de negócio seria sustentável”, disse a empresa, em comunicado.

News Corp. e Fox Group

Sobre a divisão da companhia em duas, a News Corp. adiantou que o braço de publicações, que herdará o nome News Corporation, será dirigido por Robert Thomson, atual chefe do Wall Street Journal. Essa divisão incluirá o próprio WSJ, o New York Post, a HarperCollins e negócios de televisão na Austrália. Thomson será sucedido no diário por seu vice, Gerard Baker.

A empresa de entretenimento se chamará Fox Group, e incluirá a Fox Broadcasting, o canal de notícias a cabo Fox News e o estúdio 20th Century Fox. Chase Carey, atual presidente e diretor operacional da News Corporation, manterá esses cargos na Fox Group, com James Murdoch, filho do patriarca, como vice.

Rupert Murdoch, presidente e diretor-executivo da News Corporation, será diretor-executivo do Fox Group e presidente do braço editorial.

“Muitos de vocês sabem que uma crença no poder da palavra escrita esteve em meus ossos durante toda a minha vida”, disse Murdoch, em comunicado aos funcionários.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem