Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

FEITOS & DESFEITAS > MÍDIA & MERCADO

Grupo Bel compra ‘Hoje em Dia’ e avalia novo diário

Por Cibelle Bouças em 17/09/2013 na edição 764
Reproduzido do Valor Econômico, 13/9/2013; intertítulo do OI

O Grupo Bel, empresa familiar com sede em Belo Horizonte e negócios na área de rádio e internet, concluiu a compra da Ediminas S/A Editora Gráfica e Industrial de Minas Gerais, companhia antes controlada pela Rede Record e dona do jornal diário Hoje em Dia, que circula em Minas Gerais há 25 anos. As companhias não divulgaram o valor da operação. Após a compra, o Grupo Bel avalia incrementar as operações do Hoje em Dia e lançar outro jornal diário.

Flávio Jacques Carneiro, sócio do Grupo Bel, disse que a companhia adquiriu 100% das cotas do Ediminas, com toda a estrutura da empresa, que inclui o jornal e um parque gráfico. A gráfica imprime, em média, 2 milhões de exemplares de publicações por semana, entre o Hoje em Dia e títulos de outras empresas. A tiragem diária média do Hoje em Dia era de 21.481 exemplares em julho, de acordo com o Instituto Verificador de Circulação (IVC).

Carneiro, que assumiu a presidência do jornal, disse que vai mudar a diretoria do Hoje em Dia e fazer mudanças na parte gráfica e na produção de conteúdo, voltando-se à produção de notícias para a internet e edições em dispositivos móveis. Ele também disse que planeja aproveitar a produção do jornal em programas de rádio ou uma emissora de notícias. “Provavelmente vamos aproveitar alguma rádio que já temos”, afirmou. O Grupo Bel é dono das rádios Bradesco Esportes FM, CDL FM, Estrada Real FM, 98 FM e 102,9 FM.

Planos incluem emissora de TV

Além de expandir as parcerias do parque gráfico para elevar o volume de impressão, o Grupo Bel estuda lançar outro jornal diário, no formato tabloide. Em Minas Gerais, o periódico de maior circulação é o Super Notícia, com tiragem diária média de 298 mil exemplares. Carneiro disse, no entanto, que a meta de curto prazo é fortalecer o conteúdo para rádio e as vendas do Hoje em Dia.

Os planos de longo prazo do grupo incluem também a criação de uma emissora de TV. “Temos frequência para lançar um canal de TV, que pode ser aproveitada”, disse Carneiro. O grupo tem a concessão da TV Serra Azul, geradora da MTV Minas e é dono das empresas TF.7 (voltada ao setor de eventos), Content Box, Bel Music, Izap e Titãs, focadas em tecnologia digital.

O Grupo Bel atua no mercado de comunicação e entretenimento há 46 anos. A empresa não divulga resultados financeiros. A Rede Record não quis comentar o assunto.

******

Cibelle Bouças, do Valor Econômico

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem