Sábado, 16 de Fevereiro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1024
Menu

FEITOS & DESFEITAS >

Publicidade móvel dá impulso ao Facebook

Por Tatiane Bortolozi em 05/11/2013 na edição 771

O Facebook, maior rede social do mundo, reverteu o prejuízo de US$ 59 milhões registrado no terceiro trimestre de 2012 em ganhos de US$ 425 milhões no mesmo período deste ano. A empresa, que divulgou os resultados ontem, superou as expectativas do mercado e continuou a mostrar um forte desempenho com publicidade em aparelhos móveis.

A receita líquida aumentou 60% na comparação anual, alcançando US$ 2,02 bilhões. Na mesma base de comparação, o número de usuários diários ativos cresceu 25%, para 728 milhões. Já o volume de usuários mensais ativos subiu 18%, para 1,18 bilhão. No segmento móvel, o número de usuários avançou 45%, para 874 milhões. O crescimento da receita líquida superou a alta de 52% prevista por analistas. O lucro ajustado por ação de US$ 0,25 ultrapassou com facilidade o consenso de US$ 0,12, segundo analistas ouvidos pela Factset.

A receita com publicidade subiu 66% no trimestre, em bases anuais, para US$ 1,8 bilhão. Os anúncios em aparelhos móveis nos três meses encerrados em setembro responderam por 49% do faturamento. Desde o resultado do segundo trimestre, as ações do Facebook acumulam valorização de 85%. A empresa fundada por Mark Zuckerberg conseguiu provar nos três meses encerrados em junho que é capaz de transformar o aumento de usuários em aparelhos móveis em receita. Desde então, teve recomendações e preços-alvo revistos por analistas, que apostam na capacidade da rede social de manter o crescimento da publicidade em smartphones.

******

Tatiane Bortolozi, do Valor Econômico

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem