Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº954

FEITOS & DESFEITAS > ‘FOLHA’ vs. ‘FALHA’

Disputa chega ao STJ

Por ‘J&Cia’ em 27/01/2015 na edição 835
Reproduzido do Jornalistas&Cia. nº 983, de 21 a 27/1/2015; título original: “Disputa entre Folha x Falha de S.Paulo chega ao STJ”

A disputa jurídica entre o jornal Folha de S.Paulo e os irmãos Mário e Lino Bocchini, autores do blog satírico Falha de S. Paulo, chegou ao Superior Tribunal de Justiça. Julgado em primeira e segunda instâncias pela justiça paulista, o caso agora está nas mãos do ministro Marco Buzzi.

Em setembro de 2010, às vésperas das eleições presidenciais, os irmãos lançaram o blog falhadespaulo.com.br, que satirizava o jornal com fotomontagens e comentários, com o objetivo de caracterizar a parcialidade da empresa na cobertura política, que – segundo os autores – teria preferências político-partidárias, escondendo isso do leitor.

Dezessete dias após entrar na rede, os advogados da empresa conseguiram uma liminar impedindo a continuidade da iniciativa e abriram processo contra Mário e Lino. Em 30 de setembro de 2010 o blog foi tirado da internet e, desde então, os irmãos tentam reverter a decisão. A defesa da empresa se baseia no que considerou uso indevido da marca Folha, detalhando que o leitor poderia se confundir e ler a Falha como se fosse o próprio jornal. Já os autores do blog dizem acreditar na inteligência do leitor da Folha, afirmando que a empresa se incomodou com o conteúdo crítico da página, e por isso se empenhou em censurá-la.

“Hoje nem faríamos um blog como aquele, a Folha perdeu muito de sua relevância, há anos não é sequer o jornal mais lido da cidade de São Paulo”, explica Lino Bocchini na página Desculpe a nossa Falha, em que esmiúça o caso e mantém um contador dos dias em que a Falha de S.Paulo está sob censura. “A nossa maior preocupação é com a jurisprudência. Trata-se de um processo inédito no Brasil: é a primeira vez que uma grande empresa de comunicação, com seu poder econômico, consegue censurar um outro veículo que a critica. Sendo assim, o que for decidido em Brasília balizará casos futuros.”

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem