Domingo, 24 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº958

FEITOS & DESFEITAS > MÍDIA & MERCADO

Jornais digitais têm salto de 118% em 2014

Por Lino Rodrigues em 16/03/2015 na edição 842
Reproduzido do Globo.com, 10/3/2015

Enquanto a circulação total de jornais (impressos e digitais) ficou praticamente estável em 2014, com uma pequena queda de 867 exemplares na comparação com 2013, as edições puramente digitais mais que dobraram no ano passado. Houve um crescimento de 118% nas assinaturas digitais, passando de 228.944 em 2013 para 500.370. Com isso, a participação das edições digitais acessadas de plataforma fixa ou móvel no total de circulação saltou de 5,2% para 11,4%, com pico de 15,1%. Os dados são do Instituto Verificador de Comunicação (IVC Brasil) e apontam uma tendência cada vez maior de crescimento dos acessos aos conteúdos digitais via tablets e smartphones. Em 2012, menos de 5% dos acessos eram feitos por meio equipamentos móveis. Hoje, já são 30%. “Cada vez mais o leitor acessa a informação onde quer que esteja. Isso faz com que as edições digitais cresçam”, afirma Pedro Silva, presidente executivo do IVC Brasil.

De acordo com o levantamento do IVC, as assinaturas totais de jornais cresceram 7,5% de um ano para o outro – de 2,2 milhões em 2013 para 2,4 milhões em 2014. Já as vendas avulsas fizeram o caminho inverso e caíram 7,6%. A queda, segundo Silva, é compensada com o aumento dos acessos às edições digitais e mostra que a maior utilização de aparelhos móveis (com equipamentos e infraestrutura de rede melhores) deve continuar crescendo, o que vai de encontro ao que o mercado de jornais já tem como certeza: as multiplataformas das grandes empresas jornalísticas “conversam” entre si e dão mais alternativa ao consumidor.

As revistas também estão passando pelo processo de digitalização, o que vem dando fôlego as empresas, que sofreram uma redução de 9,6% na circulação e de 19,8% nas vendas avulsas de 2013 para 2014. Hoje, 5% da circulação total das revistas já são de edições digitais. “As edições digitais das revistas, a exemplo dos jornais, vêm crescendo. Apesar da queda do impresso, os acesso pelo meio digital, especialmente o móvel, estão também estão dando fôlego ao setor”, destacou Silva.

O IVC também está se modernizando para atender esse novo momento do mercado. Foi contratada a agência Loducca para criar a campanha de “rejuvenescimento” do IVC, que ganhou um novo logotipo, passando a adotar a palavra “Comunicação” no lugar de “Circulação”. A ideia, diz Silva, é tornar a auditoria mais abrangente, com inovações tecnológicas que permitem a adoção de novos serviços e métricas. “É uma campanha de rejuvenescimento, com um novo portfólio de serviços que reflete claramente a tendência do consumidor e dos veículos anunciantes de irem para o meio digital.”

******

Lino Rodrigues, do Globo

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem