Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº958

FEITOS & DESFEITAS > MÍDIA & MERCADO

Grupo Globo lucra R$ 2,36 bilhões em 2014

Por Samuel Possebon em 31/03/2015 na edição 844
Reproduzido do Tela Viva, 24/3/2015; título original: “Grupo Globo lucra R$ 2,36 bilhões em 2014, 6% a menos em relação a 2013”

O Grupo Globo registrou, em seu balanço de 2014, divulgado na sexta-feira (20/3), um lucro líquido de R$ 2,357 bilhões no último ano. O resultado é 6% menor do que os R$ 2,503 bilhões de lucro líquido registrados em 2013. Esse número refere-se ao consolidado do grupo, ou seja, inclui o resultado proporcional das empresas em que o Grupo Globo tem participação.

Segundo informações de mercado, os resultados do grupo teriam sido afetados negativamente no último trimestre, apesar do ano positivo com a Copa do Mundo. O esfriamento da economia teria feito com que o quarto trimestre de 2014 tivesse um resultado pior do que o do mesmo período do ano anterior, e os resultados em 2015 ainda não mostraram sinais de melhora.

O balanço mostra, contudo, um crescimento significativo de receita líquida com vendas, publicidade e serviços em 2014. O Grupo Globo teve receita líquida no ano passado de R$ 16,2 bilhões considerando o consolidado de todas as empresas, ou R$ 11,9 bilhões, considerando apenas os resultados diretos da controladora, ou seja, das empresas diretamente operadas pelo grupo. No caso do resultado consolidado, o volume de receitas líquidas é 11% maior em relação a 2013, quando o Grupo Globo tinha registrado R$ 14,6 bilhões em receitas. No caso do resultado apenas da controladora, o crescimento em receitas líquidas também é e 11%, considerando-se que o número em 2013 foi de R$ 10,7 bilhões.

No quesito custos de venda, publicidade e serviços (principal custo do grupo), houve um aumento de 13,8% nos resultados da controladora, para R$ 7,1 bilhões em 2014, e de 10% no consolidado, para R$ 8,53 bilhões. Possivelmente por conta da distribuição dos direitos da Copa do Mundo, a Globo teve resultado positivo com a venda de direitos esportivos. De um resultado negativo de R$ 308 milhões em 2013, o grupo passou a ter um resultado positivo com direitos em R$ 280 milhões em 2014. Em compensação, o adiantamento a clientes pesou negativamente em R$ 509 milhões. Também pesou negativamente para o resultado do grupo o aumento do pagamento de imposto de renda e contribuição social. Nos dados consolidados, as despesas nesse quesito passaram de R$ R$ 1 bilhão em 2013 para R$ 2,26 bilhões em 2014. Na controladora, o número foi de R$ 591 milhões em 2014 para R$ 1,5 bilhões em 2014.

Em 2014, o Grupo Globo pagou R$ 3,4 bilhões em dividendos, e terminou o ano com R$ 1,97 bilhão em caixa na controladora, ou R$ 2,5 bilhões no resultado consolidado.

******

Samuel Possebon, do Tela Viva

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem