Terça-feira, 21 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

FEITOS & DESFEITAS > SAMUEL WAINER

A obra e a vida do jornalista em debate

11/09/2007 na edição 450

Em parceria com a Intercom (Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação), o Núcleo de Comunicação, Cultura e Desenvolvimento Regional das Faculdades Metropolitanas de Campinas (Metrocamp) promove, no próximo dia 24 de setembro (segunda-feira), às 19hs, o Seminário Samuel Wainer: ‘Saga de um jornalista que popularizou a imprensa brasileira’. O evento, comemorativo dos 70 anos da revista Diretrizes, será realizado no auditório da Metrocamp, à rua Madre Maria Santa Margarida, s/n, bairro Nova Campinas. A entrada é franca.

Para debater a vida e a obra do jornalista Samuel Wainer e seu papel na história recente do país, com a criação da revista Diretrizes e do jornal Última Hora, estarão presentes os jornalistas e historiadores José Marques de Melo, presidente da Intercom; Augusto Nunes, autor do livro: Minha razão de viver: memória de Samuel Wainer; Joëlle Rouchou, autora do livro Samuel, as duas vozes de Wainer e Esther Bertoletti, do Ministério da Cultura e Fundação Biblioteca Nacional.

O Seminário Samuel Wainer faz parte do ano ‘Barbosa Lima Sobrinho’ que está sendo comemorado desde janeiro em diferentes regiões do país. O objetivo é debater a trajetória de personagens importantes da história brasileira e da imprensa como Paulo Freire, Victor Civita, Adelmo Genro, Luiz Beltrão, Paulo Francis, Caio Prado Júnior, Vladimir Herzog, Pompeu de Souza, Walter Clark, Antônio Callado e Gilberto Freyre, entre outros.

Mídia e história

Durante o encontro em Campinas, os jornalistas e historiadores convidados irão abordar, em diferentes perspectivas, a importância desses veículos e o papel de seu idealizador, o jornalista Samuel Wainer para a história da imprensa e do país.

A revista Diretrizes surgiu em 1938, com uma linha editorial voltada para a área de política, economia e cultura, em pleno Estado Novo. Foi contemporânea da revista Cruzeiro, dos Diários Associados de Assis Chateaubriand. O jornalista Samuel Wainer, foi também fundador, em 1951, do jornal Última Hora, um marco na história da imprensa brasileira.

A relevância da preservação das coleções dos jornais para a memória da imprensa, dos jornalistas, editores, donos de jornais, bem como o papel da imprensa como fonte de documentação histórica, são temas a serem discutidos durante o seminário. A expectativa dos organizadores é reunir jornalistas, historiadores e estudantes da área de Comunicação da região para uma ampla discussão sobre a relação entre mídia e história e a responsabilidade social dos profissionais da imprensa na construção da história do cotidiano.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem