Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº969

FEITOS & DESFEITAS > AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

25/10/2007 na edição 456

Representantes de cerca de 100 agências de notícias participam, esta semana, de um encontro na Espanha para discutir novidades e desafios enfrentados atualmente pelos profissionais de imprensa. Em pauta na segunda edição do Congresso Mundial de Agências de Notícias estão o uso das novas tecnologias pelo jornalismo, os riscos de se reportar em zonas de guerra e as dificuldades em se ter acesso aos grandes eventos esportivos – tendo em vista a proximidade da cobertura das Olimpíadas de Pequim.


‘A relação entre a liberdade de imprensa e a democracia nunca foi tão estreita’, afirmou o rei espanhol Juan Carlos na abertura do evento de três dias, realizado desde quarta-feira (24/10) na cidade de Estepona. Segundo o rei, estes dois fatores são a ‘maior garantia’ de que as sociedades em todo o mundo tenham acesso a informações ‘completas, verdadeiras e responsáveis’.


Os milhares de correspondentes que trabalham para agências de notícias ‘mantêm o mundo informado’, completou Alex Grijelmo, que comanda a agência espanhola EFE e é um dos organizadores da reunião. O primeiro congresso de agências de notícias foi realizado em Moscou, em 2004, e reuniu representantes de 115 agências. Curiosamente, o evento contou com a presença do presidente russo, Vladimir Putin – que costuma ser criticado por sufocar os veículos de comunicação em seu país. Informações da AFP [24/10/07].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem