Quinta-feira, 20 de Junho de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1042
Menu

FEITOS & DESFEITAS >

Após quatro meses de prisão, repórter volta para os EUA

22/05/2009 na edição 538

A jornalista Roxana Saberi, que passou quatro meses em uma penitenciária iraniana e foi condenada a oito anos de prisão por espionagem, segue no fim desta semana para os EUA. Roxana, que tem dupla nacionalidade americana e iraniana, morava no Irã desde 2003 e trabalhava como freelancer para organizações de mídia internacionais. Ela foi presa em janeiro, acusada primeiro de comprar um vinho, depois de trabalhar com a credencial de imprensa vencida e, finalmente, de espionar para os EUA.


Após um julgamento de menos de uma hora, em abril, ela foi condenada e passou duas semanas em greve de fome, em protesto ao veredicto. Este mês, em uma audiência de apelação, a repórter de 32 anos teve a pena suspensa e viajou para a Áustria com a família. Ela agora volta para os EUA com os pais. Robert Hugins, representante da Embaixada americana na Áustria, afirmou que Roxana deixou Viena na manhã desta sexta-feira (22/5) em um vôo para Washington. Informações da AP [22/5/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem