Terça-feira, 22 de Agosto de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº955

FEITOS & DESFEITAS > TELETIPO

BBC terá mais demissões que previsto

15/03/2005 na edição 320

The Guardian [10/3/05] informa que o diretor-geral da BBC, Mark Thompson, anunciou o corte de 1.730 funcionários do departamento de ‘serviços profissionais’ da companhia pública, que inclui as áreas de marketing, comunicações, recursos humanos e comercial. A demissão massiva será maior do que se esperava. Há três meses, Thompson anunciara que reduziria em US$ 670 milhões os gastos da emissora até 2008. No entanto, cortando essa quantidade de funcionários, chegará a economizar até 10% mais. Dos postos suprimidos, 980 efetivamente deixarão de existir e outros 750 serão cobertos por pessoal terceirizado. Ao todo, o diretor-geral deve demitir 5.000 funcionários da BBC nos próximos anos.



Depois de cortes, presidente da Reuters ganha bônus

O presidente da agência de notícias Reuters, o americano Tom Glocer, recebeu US$ 4.4 milhões em salário e em bônus no ano passado, 23% a mais que em 2003, informa o jornal The Guardian [10/3/05]. É a recompensa recebida por aumentar em 52% os lucros da companhia britânica em 2004. Boa parte desse crescimento foi conseguido com a demissão de 3.000 dos seus 16.000 funcionários, num esforço para economizar US$ 844 milhões do orçamento da empresa.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem