Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

FEITOS & DESFEITAS > NOVAS MÍDIAS

Blogueiros ganham status de jornalistas na CIA

31/07/2007 na edição 444

Pedidos de documentos feitos à CIA por blogueiros, com base na Lei de Liberdade de Informação (FOIA), poderão ser, em breve, gratuitos, graças a novas regras que ampliam a definição de quem faz parte das ‘novas mídias’. Jornalistas profissionais já fazem pedidos de documentos à agência de inteligência sem ter que pagar por isso. Como regra geral, eles não precisam pagar taxas para procurar arquivos, embora possam ser cobrados pelos custos das cópias.

No começo do ano, a CIA propôs uma escala de taxas, na qual blogueiros tinham que pagar para pesquisar documentos. Mas, em anúncio publicado no Registro Federal, na semana retrasada, a agência afirmou que decidiu redefinir o significado de ‘novas mídias’. ‘Tendo em vista que não houve apoio para levar adiante a escala proposta como havia sido originalmente elaborada, decidimos adotar a definição de `novas mídias´ contida no guia da FOIA de 1987’, afirma Edmund Cohen, chefe de Serviços de Gerência de Informação para a CIA.

A definição adotada pela CIA para um representante das novas mídias se refere a qualquer pessoa que estiver apurando notícias para uma organização que irá disponibilizá-las ao público. O termo ‘notícia’ significa informação sobre eventos atuais ou que possam ser de interesse público. ‘Como os métodos de distribuição de notícias evolui, tal mídia alternativa (como por exemplo a disseminação de jornais por serviços de telecomunicações) deve ser incluída nesta categoria’, afirma a agência. Informações da Editor & Publisher [25/7/07].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem