Domingo, 19 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

FEITOS & DESFEITAS > CONTRAPAUTA

Bolívia pegou os jornais de calças-curtas

Por Alceu Nader em 08/03/2005 na edição 319

A crise política da Bolívia foi publicada por alguns jornais brasileiros com o selo de "surpreendente". Nada mais impreciso. O país está tecnicamente em estado de ebulição desde a queda do ex-presidente Gonzalo Sánchez de Lozada e a posse do atual, Carlos Mesa. O surpreendente, no caso, é a indiferença dos jornalões brasileiros com o que acontece com nossos vizinhos. A atual crise boliviana tem, entre outras, forte motivação separatista – a autonomia de Santa Cruz de La Sierra –, conforme foi noticiado durante mais de uma semana pelos grandes jornais latino-americanos na terceira semana deste ano, quando a atual instabilidade começou.


A mesma indiferença – ou seria ignorância ? – não é superada sequer quando interesses brasileiros estão em jogo, como no caso da Petrobras, a maior empresa da Bolívia. Não haverá desculpas, portanto, quando os anunciantes dos jornais tupiniquins forem surpreendidos por um provável, embora remoto, corte no suprimento de gás. Metade do gás que sai diariamente da Bolívia para o Brasil é consumida pelas indústrias de São Paulo. Dentro de dois anos, o gás boliviano atenderá à metade do consumo brasileiro.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem