Terça-feira, 16 de Outubro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1008
Menu

ENTRE ASPAS >

Brasil, um país de talentos

Por Igor Chiesse Alves de Oliveira em 29/04/2008 na edição 483

Como sugere o título deste artigo, o Brasil é um país rico de artistas totalmente talentosos, mas é pobre no sentido de cultura, pois do que adianta ter um monte de artistas incríveis, capazes de fazer até milagres com um simples lápis, se não tem espaço para este povo tão deixado de lado como é povo brasileiro. Estou cansado de ver inúmeros artistas se deprimirem e até pensarem em sair da profissão por falta de espaço, oportunidade ou mesmo dinheiro. Porque nós também não somos de ferro e precisamos de algum incentivo para poder dar alguma continuidade ao nosso trabalho.

Este retrato é fácil de ver em qualquer lugar do mundo, mas aqui o destaque é maior porque neste país um traseiro de 110 cm ganha mais destaque do que uma idéia genial plantada por um artista, digamos, desconhecido. Acabamos pagando o pato por não termos espaço suficiente para mostrar os talentos de nossa terra, as idéias plantadas aqui ou até algum futuro com grandes promessas por conta de um país em que o absurdo acaba ganhando destaque.

É raro você ver um desenhista pleno conhecido por todos – só vêm alguns nomes à minha cabeça. Mas se o assunto for futilidade, certamente você irá lembrar mais de mil nomes. Algumas coisas precisam ser esclarecidas na mídia como um todo e uma delas é o fato de que desenho não é meramente coisa de criança. Desenho é uma arte e precisa ser valorizado por todos os profissionais de todas as áreas, sem exceção.

Engrandecer o artista

Alguma vez alguém ouviu falar de incentivo aos jovens talentos brasileiros? No sentido de dar a primeira oportunidade de mostrar os seus desenhos, seus trabalhos, suas obras? Jamais! Aqui, tudo é mais complicado. O primeiro passo realmente deveria ser um passo bastante significativo, mas é o passo mais complicado porque muitas vezes os desenhistas não têm e nem sabem onde procurar alguém ou algo para mostrar o material. Mostrando assim, muitas vezes, a profissionais que não sabem nem analisar criticamente o trabalho.

Fica evidente que o brasileiro, assim como dizia a canção, não desiste nunca, mas vai chegar a um ponto em que a música não terá mais qualquer sentido. Vai chegar a hora em que muitos de nós não vamos agüentar ficar contando os dias para ver se alguém do outro lado vai poder, ou querer, publicar o seu trabalho. A intenção deste artigo é somente engrandecer o artista brasileiro, que por muitas vezes engole tudo por amor à profissão, por amor aos desenhos, por amor ao que ele pensa ser o melhor para ele mesmo.

Este texto é uma homenagem a todos desenhistas deste país chamado Brasil.

******

Cartunista, Volta Redonda, RJ

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem