Terça-feira, 19 de Junho de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº991
Menu

FEITOS & DESFEITAS > OBSERVAÇÃO DO LEITOR

Carnaval e a generalização perigosa

Por lgarcia em 28/02/2012 na edição 683

 

Estou cansado de ouvir desde terça-feira (21/2) nos jornais da GloboNews que o carnaval de São Paulo tem mais rivalidade porque “as escolas têm origem em torcidas de futebol”. De 12 agremiações, três são originárias de torcidas organizadas. Isso é um desrespeito com escolas tradicionais, como Vai-Vai, Rosas de Ouro, Mocidade Alegre e outras que nada têm a ver com torcidas (ou quadrilhas) organizadas. Passam, assim, a imagem de que todas as escolas paulistanas são belicosas e que não se dão. Essas escolas mantêm uma relação cordial, de disputa amistosa (dentro do possível), assim como ocorre no Rio (Marcelo Caribé, professor, Taboão da Serra, SP)

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem