Sábado, 23 de Fevereiro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1025
Menu

FEITOS & DESFEITAS >

Crise em Honduras é nova Escola Base?

Por Dalvo José Rossi em 29/09/2009 na edição 557

Para satisfazer a ‘Sociedade do Espetáculo’ (Guy Debord, 1967), a imprensa mundial transforma Honduras em sua Escola Base. Em 1994, a imprensa brasileira, injusta e hipocritamente, arrebentou a honra de muitas pessoas. Os proprietários e muitos funcionários da Escola Base foram ‘julgados’ e ‘condenados’ pela imprensa tupiniquim por ‘estuprar’ alguns alunos.

Agora, esta mesma imprensa repete o erro com os acontecimentos de Honduras. Distorce os fatos. Julga o governo no poder fora dos valores inscritos na constituição hondurenha, de janeiro de 1982, condenando os justos e absolvendo os facínoras (diferente do caso ‘Escola Base’, aqui existem bandidos).

Nada adiantou o ‘mea culpa’ de mais de uma década?

***

Acho que a cobertura do refúgio de Manuel Zelaya na embaixada brasileira foi pífia e tendenciosa e sem abordar outros aspectos:

** Como vivem e quantos são os hondurenhos no Brasil e o que pensam?

** Qual o tamanho da colônia brasileira em Honduras?

** Como é a embaixada brasileira? Nenhum gráfico foi feito para nos dar uma noção. Qual o seu tamanho, e quantos compõem o corpo diplomático?

** A ABIN falhou em não avisar o Itamaraty ou eles sabiam e não fizeram nada, ou pior, incentivaram a ocupação? Por que não foram para a embaixada da Venezuela?

** Qual o interesse geopolítico nesta estratégia de invadir às vésperas de uma Assembléia Geral da ONU, se não para dar mais visibilidade ao seu pleito? E o Brasil paga o pato? Desgastando-se mais ainda no cenário internacional e para prejudicar o Brasil, Hugo Chávez habilmente arquitetou esta pantomima pensando em se sair bem na ONU. Por que os jornais não comentam? (Ricardo Novaes, gerente de condomínio, Rio de Janeiro, RJ)

***

Peço, por favor, para que abram o debate acerca da – no mínimo estranha – ida do Daniel Castro para a Record, após longo embate travado, que dispensa maiores detalhes. (Paulo Ricardo Chenquer, advogado, Jundiaí, SP)

***

Em decisão inédita, o Tribunal de Justiça de Pernambuco demitiu um juiz de uma cidade do interior por crime comprovado de estelionato. O noticiário Bom Dia Pernambuco (anterior ao Bom Dia Brasil) deu a notícia apenas com a monótona imagem do locutor. Ver a notícia aqui. Por que a TV Globo (e outras) mostram imagens de pessoas comuns quando são presas, mas se omitem no caso de um juiz já condenado? (Paulo Gileno Cysneiros, professor, Recife, PE)

******

Professor, Belo Horizonte, MG

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem