Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº958

FEITOS & DESFEITAS > WASHINGTON POST

Diário estreita relações entre online e impresso

09/01/2007 na edição 415

O grupo The Washington Post Co. colocará os editores veteranos do jornal para editar também as matérias do sítio do diário, no mais recente exemplo de como as maiores editoras americanas estão repensando as operações na rede. A partir deste mês, editores da edição impressa do Post ‘ajudarão, no sítio e no jornal, a pensar de forma inteligente sobre modos tridimensionais para apresentar as notícias’, informou o editor-executivo, Leonard Downie Jr.

Segundo Liz Spayd, editora do sítio, o novo papel dos editores não tirará a responsabilidade da equipe da redação online. O sítio do Post, lançado há mais de uma década, tem sido líder entre os demais sítios de jornais, tendo sucesso contínuo na árdua tarefa de atrair público e anunciantes.

Novos papéis

Em sua função tradicional, os editores de jornais impressos decidem e distribuem pautas, editam artigos e pensam em questões de layout, como onde a matéria deve ser publicada na página e que destaque ela deve ter. Em relação à edição de notícias online, os editores devem ter também conhecimento sobre atualização de notícias de última hora ao longo do dia, além de assegurar que os repórteres não deixem de lado a produção de material extra, como vídeos, peças de áudio ou comentários sobre os bastidores das matérias.

Esta integração de papéis é a chave para o futuro dos jornais, na medida em que o setor de publicidade online cresce de 30% a 60% anualmente, afirma Robert MacMillan [Reuters, 2/1/07]. ‘A maioria da audiência dos jornais está agora online’, diz Jeff Jarvis, consultor de mídia e publisher do blog Buzzmachine. ‘Eles têm de servir à audiência onde quer que ela esteja’.

Enquanto os lucros com a rede ainda não compensam o fraco crescimento do impresso, o valor das ações de muitos jornais vem caindo. No Post, a queda foi de 1,1% desde o começo de 2006; no New York Times, de 10,4%; e chegou a quase 27% no grupo McClatchy. Na tentativa de diminuir a lacuna entre as operações do impresso e do online, outros jornais também estão redefinindo os papéis na redação. O grupo Gannett, que publica o USA Today, pediu a 90 jornais locais que dêem a mesma importância às notícias online e às da edição impressa.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem