Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº969

FEITOS & DESFEITAS > MINISTÉRIO DA PESCA

Ministério vira notícia na Record

Por Rodrigo Vizeu em 17/04/2012 na edição 690
Reproduzido da Folha de S.Paulo, 14/4/2012; título original “Ministério da Pesca vira notícia na Record após Crivella assumir pasta”

O Ministério da Pesca virou notícia constante na Rede Record após Marcelo Crivella, bispo licenciado da Igreja Universal, assumir a pasta.

Senador pelo PRB do Rio de Janeiro, Crivella é sobrinho de Edir Macedo, fundador da Universal e dono da Record. O ministro já foi sócio de uma retransmissora da Record.

Desde sua escolha como ministro da Pesca, há 46 dias, as atividades de Crivella deram origem a 27 reportagens na emissora.

Dessas, dez foram ao ar em telejornais nacionais, como o "Jornal da Record", exibido em horário nobre.

Entre as notícias veiculadas nacionalmente, uma afirma que Crivella quer transformar Rondônia no maior produtor de peixe do país.

Outra informa sobre reunião do ministro com pescadores para discutir 'mudanças e avanços na pesca". Uma terceira traz o anúncio de que o Rio de Janeiro pode ganhar uma escola do mar.

As reportagens mostram o ministro abraçando pessoas, inaugurando obras ou entregando equipamentos.

Há dez dias, quando estava no auge a notícia de suspeita de irregularidade na aquisição de 28 lanchas-patrulha pela pasta -antes de Crivella assumir o cargo-, a Folha presenciou repórter da Record questionar o ministro sobre assuntos como o potencial da pesca da tainha para o aumento da produção.

A prática de fazer a cobertura jornalística cotidiana das atividades da Pesca, pasta com o menor orçamento da Esplanada dos Ministérios, foi inaugurada na Record após a posse de Crivella.

Seu antecessor, Luiz Sérgio, só foi notícia ao assumir e deixar o cargo. A gestão de Ideli Salvatti só apareceu em uma reportagem na Record News.

Procurada pela reportagem, a Record disse que não comentaria o assunto.

A assessoria de Crivella disse que "a cobertura está mais ampla e aparecendo mais que as de outros ministros porque ele tem uma agenda positiva, diária e intensa".

A assessoria afirmou ainda que o ministro quer dar visibilidade à pasta para aumentar o consumo de peixe.

***

[Rodrigo Vizeu, da Folha de S.Paulo]

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem