Domingo, 15 de Setembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1054
Menu

FEITOS & DESFEITAS >

O prefeito e a imprensa

Por Veronica Heringer em 08/05/2012 na edição 693

O prefeito de Toronto, Robert Ford, está literalmente em guerra com o jornal Toronto Star.

Tudo começou em Julho de 2010, quando o jornal comentou que o então conselheiro Ford agredira um estudante que naquela ocasião era treinador do time de futebol americano de uma escola local.

Na época, embora tenha afirmado que as acusações eram falsas, Ford não processou o jornal.

Como a vingança é prato que se come frio, Rob Ford, como é mais conhecido, esperou até sua posse para excluir o jornal do mailing list da prefeitura.

Ele imaginava que o “tratamento diferenciado” fosse enquadrar o Star, mas como a guerra entre os dois continua, tudo indica que um acordo está longe de acontecer.

Revisão técnica

O último capítulo da briga entre Ford e o jornal aconteceu na quarta-feira (2/5), quando um repórter do jornal, Daniel Dale, decidiu fotografar o terreno que o prefeito quer comprar para ampliar sua casa. O terreno pertence à cidade.

Uma transação digna de investigação em qualquer cidade do mundo, não só em Toronto. Uma situação onde o conflito de interesses é claro.

Ao ser avisado por um vizinho, Ford saiu de casa pronto para a briga alegando invasão de privacidade. De acordo com o jornalista Dale, o confronto aconteceu no terreno que ainda pertence à cidade, em propriedade pública.

Vendo que Ford não queria conversar e sim brigar, com o punho fechado e gritando com ele, o repórter confessou que achou melhor entrar em seu carro e sair depressa do local.

No dia seguinte, a guerra entre Ford e o Toronto Star ocupou a primeira página dos jornais do país. De um lado, um jornalista alegando comprometimento com seu trabalho; do outro, o prefeito da cidade exigindo a remoção de Dale da cobertura política da cidade. Cada um com sua versão.

Caso o Star decida manter o repórter, Ford afirma que não irá responder mais a perguntas de jornalistas em eventos em que repórteres do Toronto Star estejam presentes.

A oposição aproveita a comoção para apontar as implicações da compra do terreno em questão. Recentemente, o pedido foi votado 11 x 1 a favor de Ford, mas essa decisão está sob revisão técnica. A resolução oficial será anunciada no próximo mês e tudo indica que Ford sairá vitorioso.

Notícias de segunda

Em pouco mais de um ano na prefeitura, Ford criou mais polêmica do que qualquer outro prefeito na história da cidade.

O relacionamento com o Toronto Star me faz lembrar certo prefeito do Rio de Janeiro que cunhou o termo factóide e passou a caracterizar todas as notícias que questionassem a sua administração como notícia de segunda categoria.

Ford tenta fazer o mesmo usando o Toronto Star. Resta saber se a opinião pública e o jornal vão se deixar levar pelo tom novelesco do prefeito de Toronto.

***

[Veronica Heringer é jornalista, estrategista em marketing digital e mestranda em Media Production pela Ryerson University]

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem