Terça-feira, 26 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº959

FEITOS & DESFEITAS > MÍDIA & ÉTICA

Maçante verdade

Por Henrique Weiss em 10/07/2012 na edição 702

A mídia não mostra nem expõe a situação. Acredito que já são notáveis os burburinhos, e aos montes, de que a política é um lugar para ladrão. Não digo que estão errados esses pensadores, mas me pergunto, por que existem as leis? Nota-se que é para legalizar os ganhos pessoais do poder, para um saber o que o outro ganha e que ninguém fique sem uma fatia do “bolo”, para que todos ganhem bem e os mesmos se encontraram felizes, mas de repente um revoltado cria uma guerra de “poder” na política, renovando e alegrando as mídias, principalmente a televisão, onde cria estampa de uma forma entretenimento.

Expliquem-me por que no meio de um escândalo político é feita uma entrevista, como carro-chefe de um programa de notícias e informação, e nos mostram uma “perua” rica, cheia de manias, mostrando qual a marca da roupa que ela usa, se ela é extravagante, se teve muitos gastos ou por que teve gastos enormes fora do país. Por favor, pessoal, não acredito no que vejo em algumas emissoras, que me levam crer que a TV não leva quase nada, a não ser quando acertam a previsão do tempo.

A política faz e acontece com as mídias com todos, mas a TV mostra o que bem entende que atinja seu ibope, e nós não somos obrigados a ver isso. Fico triste ao ver que tudo não passa de uma farsa. Ética, aprendeu quando? No meu curso, mas esqueci na minha vida, isto sim, é a verdade para muitos. Aqueles belos discursos que fazemos na formatura que emocionam. Todos choram e tiram fotos, mas viram profissionais vergonhosos para eles mesmos.

***

[Henrique Weiss é auxiliar, Caxias do Sul, RS]

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem