Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1025
Menu

FEITOS & DESFEITAS >

Editora ameaça blogueiro

Por Igor Silva em 08/02/2011 na edição 628

Quem me conhece e visita o blog com frequência sabe como eu sou. Meu blog é um dos que mais tem parcerias com editoras aqui no Brasil (são quase 30). Apesar disso, nunca fui do tipo que engana seus leitores, pois sou de teoria que um blog só consegue um público cativo quando fala o que pensa. Seguindo essa linha de raciocínio, é possível concluir que eu jamais falarei bem de um livro só porque a editora X é minha parceira.

Diz um dos termos de resenhas do Lendo & Comentando:

‘Não vou escrever uma resenha positiva pelo simples fato de ter parceria com uma editora. O valor que mais prezo é a verdade, de modo que não alterarei o que escrevi simplesmente para atender às necessidades de venda de determinada empresa. Contudo, posso não postar o texto, caso seja do desejo da editora. Prefiro não mostrar ao público a minha opinião a me abster dela.’

Eis então que recebi um e-mail atrevido e resolvi compartilhar com vocês.

Diz o e-mail:

‘Caro senhor Igor,

Viemos através dessa apresentar o nosso profundo descontentamento no que concerne a sua resenha XXX, a respeito de um dos títulos publicados pelo nosso grupo editorial. Entendemos e até certo ponto, respeitamos a sua opinião. O grande problema é quando essa opinião é publicada e influencia na decisão de compra de centenas de potenciais leitores.

Somos de teoria que a finalidade de um blog é divulgar uma obra e não denegri-la. Quando enviamos um livro a um blogueiro, esperamos uma boa divulgação no sentido de nos fazer vender um livro. Em síntese: nossa obrigação é doar as obras para serem resenhadas, a sua é promovê-la independente de gostar ou não.

Dessa forma, solicitamos que delete a referida resenha num prazo máximo de 72 hrs. Do contrário, nossa parceria será imediatamente finalizada e o nosso corpo judicial moverá ação contra o seu blog, pedindo o imediato fechamento desse.

Esteja avisado’

Quem vai mover um processo sou eu

Para ver o print, clique aqui. Por questões éticas (algo que eles parecem não conhecer), suprimi o nome do livro e a responsável da editora que fez essa palhaçada. Isso me causou uma indignação sem precedentes. Como uma editora pode fazer uma coisa dessas? Como ela pode reprimir a liberdade de expressão e ainda me ameaçar judicialmente de um processo por falar o que eu penso?

Não me dei ao trabalho de responder o e-mail porque queria fazer um post mostrando o quão falsas algumas empresas podem ser. Por esse texto, você pode tirar a seguinte conclusão: quantos blogueiros parceiros não mentem e omitem a sua opinião com medo de problemas na justiça? Quantas vezes você não foi enganado e levado a comprar algo sem qualidade só porque pessoas como essas fazem esse tipo de ameaça?

Acontece que eles mexeram com a pessoa errada! E aqui está a minha resposta: não vou retirar a resenha do ar e eu vou mover um processo contra liberdade de imprensa junto à CBL contra vocês! Conto com o apoio dos meus leitores, que estão agora lendo esse protesto. Vamos comentar nesse post. Ele será uma das provas que apresentarei à Câmara Brasileira dos Livros e quero ver todo mundo mostrando o que pensa a respeito.

******

Colunista da MTV

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem