Quarta-feira, 13 de Novembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1063
Menu

FEITOS & DESFEITAS >

Emissora cala sobre novo fóssil de hominídeo

Por Eli Vieira em 06/10/2009 na edição 558

Se há uma coisa que ‘queima o filme’ de um veículo de imprensa é quando este revela ter o rabo preso.

Na quinta-feira (1/10), a revista Science (uma das maiores publicações científicas do mundo) noticiou a descoberta de um novo fóssil da espécie já conhecida de hominídeo Ardipithecus ramidus, batizado de ‘Ardi’. Pelo menos 17 sites de notícias em língua portuguesa (e 64 no mundo) deram destaque à descoberta, segundo o Google.

Porém, o R7, site de notícias da Rede Record, controlada por Edir Macedo e outros nomes da Igreja Universal do Reino de Deus, manteve total silêncio sobre ‘Ardi’ em sua seção de ciência e tecnologia.

Um dia antes, Edir Macedo publicara em seu blog uma nota repudiando a teoria científica da evolução. Um texto cheio de erros conceituais em biologia e inclusive erros de raciocínio e de grafia, como apontou @Evolucionismo.

Difícil saber o que é pior: se é o R7 se mostrar enviesado e parcial na cobertura da ciência (e para verificar isso basta digitar ‘teoria da evolução’ e ‘hominídeo’ no mecanismo de busca do R7); se é a clareza dos motivos que fazem este site ter o rabo preso; ou se é a forma anômala como ele se comporta no meio dos demais veículos de comunicação.

******

Biólogo e presidente da Liga Humanista Secular do Brasil (LiHS), Brasília, DF

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem