Terça-feira, 23 de Abril de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1033
Menu

FEITOS & DESFEITAS >

Especialistas especializados em especialidades específicas

Por Valmir Perez em 22/01/2008 na edição 469

Fico surpreso em ver como a mídia consegue ser tão infeliz, tão mal-intencionada e tão cara-de-pau.

Ao invés de os senhores donos da informação e da notícia nacional trabalharem para que a população consiga entender o fato de que as grandes cidades brasileiras não são mais seguras por conta de uma crise social que se arrasta há décadas, devido aos constantes roubos aos cofres públicos, à corrupção política e à incompetência das autoridades e do governo, e de alguma forma exigir mudanças, ela traz, através de seus meios de comunicação, ‘receitas’ de como o cidadão vai ter que se portar daqui para frente, para conseguir tentar sobreviver dentro do caos que assola o país do samba e do carnaval.

Essas receitas escondem também o fato de que a mídia quer contribuir para fazer o cidadão acreditar que as coisas são assim mesmo e vão piorar ainda mais. De que a vida é assim e não adianta espernear. Que essa violência toda já é coisa normal do cotidiano e, portanto, o que resta agora são os truques de sobrevivência.

Mas a mídia não age sozinha nesse plano. Ela conta com um batalhão imenso de gente que se especializou em especialidades especiais. Eles são chamados até nós, através dos meios de comunicação, para dar ‘conselhos’ práticos ao contribuinte que paga seus impostos corretamente e que espera, no mínimo, poder viver sem medo do escuro.

Em matéria do Globo Online intitulada ‘Especialistas dão orientações para motoristas evitarem assaltos‘ (14/01), o jornal eletrônico divulga dicas ‘valiosas’ para seus leitores, trazidas por alguns grandes especialistas em especialidades.

Dicas e observações

A fim de colaborar com a mídia, coloco as dicas desses especialistas e minhas observações abaixo; talvez dessa forma também possa contribuir para que o cidadão fique mais protegido.

1) Evitar o elemento surpresa

[Para evitar o elemento surpresa basta não ser surpreendido. A surpresa é quando alguma coisa acontece sem esperarmos que ela aconteça; portanto, sempre espere que alguma coisa possa acontecer. Enquanto isso esqueça o trabalho, o lazer, seus planos e projetos. Para se manter imune às surpresas, você não poderá pensar em nada, apenas no que poderá acontecer.[

2) Devemos estar sempre atentos, mas não deixar que o medo leve-nos a uma sociedade de controle.

[Para isso, existe uma receita bastante interessante. Quando você ficar com medo, finja que não é com você. Toda vez que você olhar para uma câmera de segurança, siga as instruções da plaquetinha e sorria; você apenas está sendo filmado! Resumindo: siga também o conselho da Marta: relaxa e goza.]

3) Os motoristas devem evitar áreas de risco.

[Enquanto não temos mapas específicos de áreas de risco à venda nas bancas de jornais e livrarias, fale com o seu vizinho, com seu colega de trabalho. Procure saber quais são as áreas de risco. Se a sua rua ou o seu bairro forem áreas de risco, não saia de casa enquanto o risco não passar. Seja cuidadoso.]

Relaxa e goza!, de novo

4) Evite a proximidade de motociclistas com garupa.

[Para isso o conselho que dou é bem simples. Apenas trafegue em ruas que não tenham motociclistas. Ainda não existem mapas dessas ruas à venda em bancas de jornais e livrarias, mas logo serão lançados. É só uma questão de tempo.]

5) Diminua a velocidade antes dos semáforos (sinais, no Rio) para não emparelhar com motociclistas.

[Se você não conseguir diminuir a velocidade porque está num congestionamento de 150 km, use a dica da observação nº 2: relaxa e goza!]

6) Se for assaltado, saia do carro com as mãos para cima, com calma, mas sempre alerta.

[Se você não sabe como sair com as mãos para cima, é só lembrar de um daqueles filmes de bang-bang a que seu avô assistia nos cinemas. Se não der para manter a calma, não desmaie, se desmaiar levante, ou melhor, levante com calma, com as mãos para cima, mas sempre alerta. Se nenhuma dessas coisas funcionar, volta a usar a dica nº 2: relaxa e goza!]

Laptops no porta-malas

7) Se você é mulher, nunca ande sozinha, sempre tenha alguém com você. Mulheres sozinhas são mais assaltáveis.

[Encontre alguém que possa sempre estar com você. Leve essa pessoa, de preferência do sexo masculino, para todo lugar. Se você for casada, faça o seu marido compreender que aquele cara alto, de olhos claros e sarado que anda saindo para todo lugar com você é apenas a sua ‘companhia anti-assalto’. Ele vai entender.]

8) Deixe sempre bolsas, laptops e equipamentos que chamam a atenção dentro do porta-malas.

[Se você for assaltado(a) e te colocarem dentro do porta-malas, faça os ladrões passarem esses acessórios para um dos bancos do veículo, onde possam ficar seguros.]

Proteção da população enlouquecida

9) Normalmente, o assalto ocorre quando o veículo pára ou diminui a velocidade.

[Nunca pare, nem mesmo num congestionamento de 150 km.]

10) Evite parar na primeira fila.

[Se parar, peça para que o motorista de trás passe por cima e pare na sua frente.]

11) No trânsito, sempre é bom encostar seu carro ao lado de outro veículo, fechando o corredor para os motoqueiros.

[Se não der, fique balançando seu veículo para a esquerda e para a direita, para frente e para trás, fechando dessa forma os corredores laterais. Com isso você também não estará parado no trânsito, o que pode ser um perigo.]

Espero também estar ajudando nossos motoristas a se sentirem um pouco mais seguros. Prometo que em outra ocasião voltarei com dicas para os motociclistas poderem se proteger da população enlouquecida.

******

Lighting Designer, Campinas, SP

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem