Domingo, 13 de Outubro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1058
Menu

FEITOS & DESFEITAS >

Estréia instável, sem comentários

01/09/2009 na edição 553

O Blog do Planalto, popularmente chamado de blog do Lula, entrou no ar à 0h de segunda-feira (31/8). O acesso ao site, porém, apresentou problemas de acesso a partir das 8h30. Segundo a assessoria de imprensa do Planalto, o número de acessos simultâneos ao blog foi maior do que o previsto, o que causou congestionamento. O Planalto afirma que as equipes de tecnologia trabalham para aumentar a capacidade de acesso e o problema deve ser resolvido ainda na segunda-feira. De acordo com a assessoria, o blog está recebendo de seis a dez mil acessos simultâneos durante este dia de estreia.

Em textos, vídeos, discursos em áudio, infográficos e outros recursos eletrônicos, os recados do presidente Lula à sociedade serão dados por uma equipe de três jornalistas e dois técnicos, contratados para se dedicar ao blog. Os internautas só poderão interagir com o presidente por meio de críticas e sugestões enviadas diretamente à equipe do Planalto. Não haverá, inicialmente, um campo para perguntas e repostas ou comentários.

Exaltação ao pré-sal

Na estreia do blog, o presidente Lula trouxe informações sobre o pré-sal. Com um vídeo no qual afirma que, hoje, começa a segunda independência do Brasil (em referência ao marco regulatório do pré-sal), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva dá as boas-vindas aos internautas. ‘O marco regulatório do pré-sal é a possibilidade do Brasil, no século 21, se transformar numa nação economicamente muito rica e socialmente muito justa’, afirma. (Assista aqui ao vídeo).

De tarde, a equipe do blog colocou um novo post no ar no qual mostra slides que os ministros Lobão (Minas e Energia), Dilma (Casa Civil), Mantega (Fazenda), Miguel Jorge (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior) e Paulo Bernardo (Planejamento) entregaram ao Presidente Lula para defender a proposta de adaptação da Lei do Petróleo ao novo cenário aberto com as descobertas do Pré-sal. São 34 páginas com gráficos e textos.

Nesta segunda-feira, Lula vai anunciar quais serão as regras para a exploração de petróleo na camada de pré-sal, após dois anos de descoberta das reservas. Há mais de um ano, o governo discute o assunto.

Tempo real

Sorridente, o presidente diz ainda que o blog é um canal em que ‘a sociedade que viaja na internet poderá acompanhar todas as informações do Planalto em tempo real’. 

No primeiro post, a equipe do governo diz que este é ‘apenas o primeiro passo para estabelecer um diálogo cada vez mais próximo e informal entre governo e sociedade’.

De acordo com a assessoria de imprensa do Planalto, apesar de o blog ter sido lançado oficialmente nesta segunda-feira, é possível aos internautas encontrarem textos mais antigos. ‘Os jornalistas já trabalham neste blog há algum tempo e agora é possível ver tudo que já foi publicado’, informa a assessoria.

Críticas ao blog

Antes mesmo de entrar no ar, o blog da Presidência foi criticado por especialistas ouvidos pela reportagem do Último Segundo. ‘Eu acho que isso vai servir para algum tipo de aproximação, mas um pouco tarde demais, pois já estamos no final do governo Lula’, avalia Daniela Ramos, professora de Novas Tecnologias da Comunicação da Faculdade Cásper Líbero.

Outro ponto de critica é o fato de o presidente não escrever diretamente no blog. O site será abastecido por uma agência de notícias, que conta com uma equipe de repórteres, editores e programadores. ‘Tem que ficar claro quem escreve e qual é a proximidade dessas pessoas com o presidente’, pontua a professora.

Segundo ela, se o próprio presidente escrevesse no blog, a credibilidade das informações seria maior. ‘Ele realizaria a expectativa do leitor de querer chegar perto de quem escreve. Muda a relação de credibilidade’, afirma.

Especialistas também discordam do fato de o blog não permitir comentários dos internautas. Isso, segundo a assessoria do Planalto, acontece por falta de estrutura da Secretaria de Imprensa para fazer a moderação e também dar respostas aos leitores.

Sérgio Braga, professor de Ciência Política da Universidade Federal do Paraná, acredita que sem esse tipo de interatividade o blog corre o risco de se tornar um ‘mero outdoor virtual’. ‘A iniciativa em si é ótima, mas eles têm que fazer um esforço para disponibilizar e facilitar a interação’, diz o professor.

A professora de Comunicação e Política da Universidade Federal de Minas Gerais, Rousiley Maia, concorda com o colega. ‘Por princípio, a ideia de um blog seria exatamente aproximar de uma forma mais direta representantes dos cidadãos. Nesse caso, se não há possibilidade de respostas, esses possíveis benefícios vão por água abaixo. Me parece que se torna mais um meio de propaganda do que uma forma de diálogo’, avalia. [Com informações do Congresso em Foco]

******

Da Redação do Último Segundo

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem