Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

FEITOS & DESFEITAS > TOP SECRET

Governo americano libera ‘furo’ de jornalão

22/11/2007 na edição 460

O New York Times esperou ‘mais de três anos’ – como conta o próprio jornal – para publicar artigo sobre os esforços em conjunto dos EUA e Paquistão para proteger as armas nucleares paquistanesas. A informação, divulgada em matéria de capa na edição de 18/11, é apenas uma amostra de um ‘programa ultra-secreto’ que o governo George Bush tentou, por muito tempo, evitar que viesse a público.


No artigo, o NYTimes revela que a divulgação foi adiada por tanto tempo porque a Casa Branca argumentou, na ocasião, que ‘a revelação precoce poderia prejudicar os esforços de proteção das armas’. Mas enquanto os EUA mantinham segredo, as autoridades paquistanesas fazem declarações sobre o programa desde 2004, afirma David Sanger, correspondente-chefe do diário em Washington e co-autor da matéria. Michael Calderone, do sítio The Politico [20/11/07], questiona, então, por que só agora o NYTimes optou por divulgar tais informações.


Secretamente público


Procurado pelo Politico, o editor-executivo do diário, Bill Keller, não quis comentar os motivos que levaram à publicação do artigo. Já Sanger afirmou, sem maiores detalhes, que ‘as novas questões levantadas sobre a segurança do arsenal levaram a uma reavaliação da decisão anterior do governo de adiar a publicação do artigo’. O jornal revelou no artigo que, neste meio tempo, a ‘Casa Branca retirou seu pedido de segurar a publicação’.


Gordon Johndroe, porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, afirmou que ‘foi determinado, em 2004, que a publicação da informação seria prejudicial’, mas que, ao longo dos anos, detalhes do programa secreto foram ‘se tornando cada vez mais públicos’. Por esta razão, ‘não havia mais sentido manter nossa objeção à publicação’. ‘Temos que ter muito cuidado ao optar por pedir a um veículo de comunicação para não publicar algo. Se formos manter um acordo que não é mais necessário, somos responsáveis por isso’, afirmou.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem