Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

FEITOS & DESFEITAS > CENSURA NA CHINA

Governo exige demissão de editor

02/01/2006 na edição 362

Autoridades chinesas ordenaram a demissão do principal editor do Beijing News, um dos mais populares jornais do país. O editor-chefe Yang Bin foi retirado do cargo junto com outros dois editores. Não foi divulgada nenhuma justificativa oficial, mas um advogado que costuma representar jornalistas afirmou, segundo nota da BBC News [29/12/05], que membros do Partido Comunista haviam acusado o jornal de múltiplos erros.

O Beijing News é conhecido por ser direto e sem rodeios em seu conteúdo editorial. Em junho, por exemplo, o jornal denunciou uma sanção severa ordenada pelo governo contra fazendeiros na província de Dingzhou, onde seis protestantes morreram.

Na sexta-feira (30/12), cerca de 100 repórteres do Beijing News entraram em greve em protesto à demissão de Bin. Para manifestar seu descontentamento, eles também publicaram uma fotografia no jornal. Na imagem, pássaros voavam sob o céu escuro sobre o edifício onde fica a redação, com um dos pássaros guiando os outros. ‘O céu pode não estar muito claro, mas eles continuarão a voar longe com sua missão perto de seus corações’, dizia uma nota próxima à foto. Com informações de Chris Buckley [Reuters, 30/12/05].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem