Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1055
Menu

FEITOS & DESFEITAS >

Inferno astral da Rede Record

Por Luís Olímpio Ferraz Melo em 18/08/2009 na edição 551

Para quem prometia a bonança e o céu aos seus fiéis, agora ficou difícil manter o discurso e a retórica que arrastaram milhões de inocentes brasileiros e estrangeiros a participarem da Igreja Universal do Reino de Deus depois que os seus diretores foram pilhados pela Justiça por formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. O que seria da Igreja Universal se não fosse a poderosa Rede Record de rádio e televisão? Toda madrugada começa o processo de ‘lavagem cerebral’ nos telespectadores e ouvintes, que se encontram fragilizados e à míngua de qualquer auxílio. Chega a ser assustador assistir a esses programas. O impacto na mente humana é indescritível, pois o sujeito desesperado acha que lá na Universal encontrará a sua redenção, mas acaba caindo na armadilha do dízimo e da venda de seus bens para ajudar as obras beneficentes – que provavelmente nem existem.

Há um processo hipnótico e os pastores escalados para apresentarem esses programas apelativos são treinados com técnicas de persuasão de massas. Quem vê esses cultos in loco sai com a certeza de que há o ‘demônio’ em todos e que ninguém escapa incólume dessas perseguições espirituais se não estiver na Igreja Universal.

Pessoas humildes e inocentes foram ludibriadas com a compra de ‘diplomas’ assinado por Jesus Cristo (?!) e há casos gritantes onde fiéis venderam tudo para encher a vultosa e ilegal conta bancária da Igreja Universal. Que ninguém se sinta ofendido, mas é pura manipulação o que faz a Igreja Universal do reino do bispo Edir Macedo, pois o vídeo exibido na internet e pela televisão mostra claramente e de forma cabal e irrecusável a má intenção do bispo – falo isto sem medo algum de ir parar no inferno.

Santa ingenuidade

A Igreja Universal é uma empresa comercial como qualquer outra, só que vende ilusões e má-fé e noticiou-se pela imprensa que ela fatura mais de um bilhão de reais por ano, frise-se, sem pagar nada de impostos, pois por ser igreja está imune da tributação. O mega-empresário e bispo Edir Macedo tratou logo de comprar grupos de comunicação de massas, pois em sendo assim angariaria mais rapidamente fiéis para financiar seus diabólicos planos. A Constituição Federal garante a liberdade do culto religioso, mas ludibriar pessoas é crime.

O poderio da Rede Record é inenarrável e o santo e bispo Edir Macedo ainda vai querer sair no final desse processo criminal como vítima dessa enrolada conspiratória em que se meteu voluntariamente e, como de outras vezes, seu patrimônio irá aumentar e muito. Santa ingenuidade de quem ainda acredita em milagres e em boa-fé desses clérigos nessas searas, pois são todas ilusões.

******

Advogado e psicanalista, Fortaleza, CE

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem