Sexta-feira, 22 de Junho de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº992
Menu

FEITOS & DESFEITAS > OBSERVAÇÃO DO LEITOR

Jogo pesado da Globo Nordeste

Por Sergio Travassos Corrêa em 12/08/2008 na edição 498

Caros colegas do Observatório, estou enviando esta notícia que foi veiculada no mais influente site desportivo de Pernambuco, o Blogdosantinha (um site de opiniões e idéias). Não serei leviano em dizer que é verdade que a Globo esteja por trás disso, mas que é realmente estranho um negócio esse, isso é. Engraçado é que o Santa Cruz chegou a dar para a TVU 17 pontos de pico e média de 15, em seu jogo na Terceira Divisão – batendo a Globo, que transmitia times da Série A. A matéria se chama ‘Via-crúcis televisiva‘.

Lá, colocaram uma enquete onde a Globo aparece como principal suspeita por um jogo ter sido anunciado que teria cobertura ao vivo e, depois, os anúncios terem sido tirados do ar, deixando uma nação de mais de 3 milhões de torcedores sem o prazer de assistir seu clube do coração. Creio que seja interessante ser discutido isto neste site. O que fazer nessas horas? Recorrer a quem? Quais as ameaças em não se aceitar propostas dessas? O site pertence a dois ilustres e engajados jornalistas, mas é aberto a vários colaboradores.

***

Vou expor uma atitude covarde e desonesta da TV Globo Nordeste. Os fatos: o Santa Cruz Futebol Clube, time do povo e dos mais humildes cidadãos pernambucanos, está passando por um momento dificil, pois foi rebaixado à Terceira Divisão do futebol brasileiro. Pois bem, como se não bastasse tanta humilhação, a Rede Globo está impedindo, através do poder econômico, que a TVU – TV Pública Universitária transmita os jogos do Santa Cruz fora de Pernambuco. Nos dois últimos jogos do Santa fora do estado – contra o Sport Club Central em Caruaru e contra o Campinense, em Campina Grande – a Rede Globo pagou aos clubes Central e Campinense para que os mesmos não permitissem a transmissão. Fazendo valer do uso da supremacia do poder econômico, a Rede Globo Nordeste pagou uma cifra maior do que a TVU é capaz de pagar, simplesmente para que não houvesse a transmissão dos jogos. Aparentemente porque os horários dos jogos eram os mesmo das telenovelas globais.

Para finalizar, peço à Rede Record que, ao menos, avalie a possibilidade de prestar o serviço público da transmissão dos jogos do Santa Cruz, que é um clube que mesmo na Série C tem média de 20.000 pagantes em campo. (Paulo Gonçalves, estudante, Recife, PE)

***

Um novo ‘caso Escola Base’ está sendo desenhado. A prisão do médico Joaquim Ribeiro Filho foi um verdadeiro linchamento. Diferente da Escola Base, não foi feito por uma polícia qualquer, despreparada, mas pela Polícia Federal. Gostaria de saber se alguém teria alguma disposição para avaliar a pergunta colocada em um post no nosso blog de apoio ao dr. Joaquim. Pode ser que ninguém ouça, mas nós resistiremos. (Liráucio Girardi Jr., professor, São Paulo, SP)

***

Quando ocorreram os ataques de 11 de Setembro, Alberto Dines alertou para o fato de aquilo ter sido um ataque planejado para aparecer na mídia. Acho que a imprensa não deve mostrar recados de grupos terroristas. De vez em quando aparecem na mídia imagens de pessoas que dizem que vão cometer atos de terror ou cometeram atos terroristas – isso é tudo que os grupos terroristas querem. Eles querem publicidade. Na quinta-feira (7/8) apareceu na TV um grupo dizendo que fariam terror durante os Jogos Olímpicos. São pessoas lideradas por fanáticos que mandam os outros para a morte, mas a vida deles eles não arriscam. A imprensa, a meu ver, tem de denunciar esses falsos líderes porta-vozes do terror. (Rogerio Cardozo, desempregado, Tubarão, SC)

******

Jornalista, Recife, PE

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem