Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1009
Menu

FEITOS & DESFEITAS >

McClatchy anuncia mais de mil cortes

19/09/2008 na edição 503

A editora americana McClatchy anunciou, esta semana, sua segunda maior rodada de demissões em três meses – e culpou o ‘amargo’ mercado publicitário pelos cortes. A companhia, que registrou queda de 18% na receita publicitária em agosto, comparada ao ano anterior, afirmou que pretende eliminar 10% de sua força de trabalho – o que, na prática, corresponde a 1.150 cargos. Os cortes, junto com outras iniciativas para conter os gastos, poderão trazer uma economia de US$ 100 milhões no próximo ano, acredita a McClatchy. Os custos com indenizações e planos de demissão voluntária devem chegar a US$ 20 milhões.


‘É doloroso ter de anunciar estas reduções de equipe, mas a reestruturação de nossa companhia é necessária dado o cruel período econômico e seu impacto nos negócios’, afirmou, em declaração divulgada na terça-feira (16/9), Gary Pruitt, presidente e executivo-chefe da McClatchy. Em junho, a empresa também anunciou eliminação de 10% de sua força de trabalho, com economia estimada, na ocasião, em US$ 70 milhões anuais. Em agosto, os funcionários que restaram foram avisados de que os salários estão congelados por pelo menos um ano, a partir de setembro.


Digital


Segundo Pruitt, os cortes são necessários para que a McClatchy cresça como uma companhia digital e para que possa fornecer ‘notícias e informações de alta qualidade em qualquer meio que os leitores desejem’. As eliminações já começaram em alguns jornais da empresa; nas últimas semanas, o Sacramento Bee e o Olympian ofereceram aos funcionários planos de demissão voluntária. O processo deve continuar pelos próximos meses.


Com sede em Sacramento, na Califórnia, a McClatchy é uma das maiores editoras de jornais dos EUA, com a publicação de 30 diários, incluindo o Miami Herald, e outros 50 títulos não diários. A companhia ainda não sabe quantos cargos deverão ser cortados das redações e de setores administrativos, e afirma que cada jornal será avaliado individualmente. Também com o intuito de economizar, jornais da mesma região deverão passar a compartilhar alguns repórteres e diagramadores. Informações de Anick Jesdanun [AP, 17/9/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem