Domingo, 16 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

FEITOS & DESFEITAS >

O fim da oposição

Por Luciano Martins Costa em 15/09/2008 na edição 502

A reportagem do Globo de domingo (14/9) sobre o desalento da oposição política no Brasil é uma grande contribuição para o debate sobre a questão partidária e sobre estratégias de governo. Basicamente, o trabalho do Globo é composto por declarações de políticos e analistas, mas ainda assim coloca na agenda nacional um tema que vinha sendo evitado pela imprensa.


A tese apresentada na reportagem é de que a elevada popularidade do presidente Lula fez a oposição sair de moda. Ela foi inspirada num desabafo do senador Sérgio Guerra, presidente do PSDB, o maior partido de oposição, que se diz angustiado pelo fato de que nenhuma crítica e nenhuma notícia negativa parecem afetar o namoro do presidente da República com a maioria da população brasileira.


Segundo cientistas políticos citados pelo jornal, os modelos de gestão adotados no atual governo e pelos governos imediatamente anteriores são muito parecidos e a oposição tem pouco a inovar. O Globo também lembra que a última pesquisa do Datafolha, divulgada na sexta-feira (12/9), na qual o presidente Lula aparece com a aprovação de 64% dos brasileiros, consolida uma situação que já vinha desanimando a oposição.


Fora de moda


Mas o Globo e seus entrevistados falham ao confundir oposição ao governo e oposição à estratégia de governo.


É certo que o atual presidente e sua equipe criaram uma equação econômica que produz um crescimento vigoroso com estabilidade, mas o Brasil ainda está longe de ter alcançado a trilha do desenvolvimento sustentável.


Embora os programas de transferência de renda, somados ao controle da inflação, à criação de empregos e ao aumento do valor dos salários tenham produzido um ganho social nunca antes observado na História do Brasil, o país ainda enfrenta grandes desafios sociais, como os altos índices de violência nas grandes cidades e o não atendimento dos direitos das crianças e adolescentes. Além disso, a depredação do meio ambiente ainda é uma grande fonte de notícias negativas.


A oposição saiu de moda porque nem os políticos nem a imprensa colocam na mesa a agenda que realmente interessa.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem