Sábado, 23 de Fevereiro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1025
Menu

FEITOS & DESFEITAS >

O senador fora das manchetes

Por Alberto Dines em 10/09/2007 na edição 449

Esta semana parece decisiva não apenas para o senador Renan Calheiros: ela é decisiva para promover uma aproximação da sociedade com o Parlamento que a representa, é também decisiva para reverter os padrões de moralidade na vida pública.


Não obstante a importância dos próximos dias, as manchetes dos três jornalões de domingo (9/9) referiam-se a um mundo que não parece o nosso. ‘Metade do país não faz exercício’ proclamou a Folha de S.Paulo. ‘Sonegação de impostos equivale a 30% do PIB’, lamentou o Estadão. ‘Congresso recebe nota 5,4 da elite parlamentar’ constatou O Globo.


Apesar do ar relaxado das primeiras páginas de domingo, tanto o governo como a classe política e, sobretudo, os jornalistas só pensam numa coisa: a votação da quarta-feira (12/9), quando será decidida a manutenção ou a cassação do mandato do presidente do Senado.


É estranho que uma preocupação tão evidente não apareça nas manchetes. Será que a grande imprensa não quer acuar o Senado? Neste caso, a situação é ainda mais grave do que parece.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem