Sábado, 18 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

ENTRE ASPAS > MARKETING

O sucesso do podcast está na linguagem

Por Rodrigo Capella em 23/03/2010 na edição 582

Não faz muito tempo que o podcast Ricky Gervais Show, criado por Ricky Gervais, Steve Merchant e Karl Pilkington, entrou para o Guinness Book. Os motivos foram dois: o programa mais ouvido do Reino Unido e dos Estados Unidos e o podcast que conquistou mais de 500.000 downloads por episódio. Um número que, se conquistado por uma empresa, impulsionaria a promoção de qualquer diretor de marketing e renovaria os serviços de assessoria de imprensa por vários anos consecutivos.

No Brasil, também encontramos histórias semelhantes – é claro que não com o mesmo peso. Podcasts como Podrir e NerdCast conquistaram o público, com muita inteligência É o humor na hora certa, levando informação e entretenimento.

De olho neste mercado, empresas começaram a adaptar os podcasts corporativos – antes engessados e utilizados apenas para divulgar informes –, tornando-os mais leves, descontraídos e com linguagem acessível. Uma outra linha muito utilizada pelas companhias, mas não muito distante desta, tem sido o patrocínio de programas.

Relações com consumidores

O energético em cápsulas SmartCaps, por exemplo, patrocinou o SmartCast, podcast que ‘cobriu’, em vários episódios, a Campus Party. Com conteúdo variado, o programa apresentou dicas criativas, sempre com a presença de um convidado.

Outro exemplo é o da Via6, rede social para empresas e profissionais. A empresa patrocinou diversos episódios do bem-realizado e premiado Escriba Café. Com um tom leve e informativo, prende a atenção dos ouvintes durante minutos e reforça que as simples ideias podem ter alcances inimagináveis.

Esses dois exemplos, do SmartCaps e da Via6, comprovam que as empresas entenderam o recado das novas mídias: é preciso ousar, entreter e informar para não perder mercado. Impactado por diversas mensagens publicitárias ao longo do dia, o consumidor vê no podcast um momento de lazer e desconferência.

Quem aproveitar esses momentos irá, além de ampliar o market share, estreitar as relações com os consumidores. É o marketing de relacionamento, muito defendido pelo Kotler, cada vez mais em evidência!

******

Assessor de imprensa e autor, entre outros, de Assessor de Imprensa – fonte qualificada para uma boa notícia

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem