Quarta-feira, 19 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1018
Menu

FEITOS & DESFEITAS >

O valor da notícia

Por Virgínia Origuela em 11/11/2008 na edição 511

O que significa imprensa? A imprensa é nada mais que o conjunto dos meios de comunicação, que exercem o jornalismo, seja ele impresso (jornais e revistas) ou audiovisual (rádio e televisão), sem contar a era digital (internet). As características jornalísticas são a periodicidade, a atualidade, a variedade e a ética.

O surgimento do jornalismo impresso ocorreu no império romano, através do acta diurna populi romana, fixado nos espaços públicos e que trazia diversas notícias – notícias militares, obituários, crônicas esportivas, dentre outros fatos diversos.

O ser humano sempre se interessa pelos acontecimentos sociais, naturais e comportamentais. Noticiar é um ato tão antigo quanto a nossa própria linguagem. A notícia sempre existiu e sempre foi criada de diferentes formas. Em 1440, Gutenberg desenvolve a tecnologia da prensa móvel, utilizando os tipos móveis e caracteres avulsos que eram gravados em blocos de madeira e organizados numa tábua para formar palavras e frases.

O primeiro jornal português foi fundado em 1641, em Portugal: A Gazeta de Lisboa. De lá para cá, a sociedade toma consciência do poder de propagação que o jornal exerce e passa a usá-lo como o principal meio de divulgar informações.

Leitura cria novos mundos

No Brasil, por causa da censura e da proibição imposta na época, somente em 1808 surgem os dois primeiros jornais: O Correio Braziliense e a Gazeta do Rio de Janeiro. Acompanhando a evolução, ‘estouram’ ao redor do mundo diversos jornais e meios midiáticos, o jornal impresso se estabiliza e com o passar dos anos se aprimora cada vez mais na arte de noticiar.

Embora essa geração ‘coca-cola’ não dê valor à notícia, hoje em dia vamos criando cada vez mais jovens mal informados e desatualizados. Tão importante quanto o que acontece no mundo é o que ocorre na cidade em que se vive.

Na escola, deveria ser obrigatório o ato de ler jornal, as crianças e adolescentes deveriam ser motivados a realizarem boa leitura. Nossos avós adquiriram esse hábito muito cedo e a maioria dos nossos leitores hoje em dia são os mais velhos.

O valor da notícia vai além do simples ato de noticiá-la. É algo que contribui com sua bagagem cultural e são informações transmitidas que, ao longo dos anos, ninguém roubará de você. Para que a cidade cresça, é preciso antes nos educarmos, sermos leitores assíduos.

Valorizem a informação e o trabalho de quem dia-a-dia o informa e faz com que chegue até você acontecimentos únicos, uma leitura sobre o mundo. A leitura enriquece e cria novos mundos.

******

Jornalista

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem