Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº969

FEITOS & DESFEITAS > TELEVISÃO FRANCESA

O petit enfant e a plebe do jornalismo

Por Raice Cabral, de Paris em 17/06/2008 na edição 490

O país do cavaleiro defensor da liberdade de imprensa, Chateaubriand, ainda teria sua imprensa nas mãos de homens políticos. Rumores dizem que a substituição do âncora mais popular da França, Patrick Poivre d’Arvor (PPDA), possui uma influência direta do presidente francês Nicolas Sarkozy.

Depois de 21 anos à frente do telejornal das oito mais assistido da França (no canal TF1), PPDA, 60 anos, será substituído por Laurence Ferrari, 41 anos. Durante toda semana, o assunto foi pauta dos principais jornais do país: ‘PPDA foi atropelado por uma Ferrari’, estampa, na segunda-feira (09/06), em sua primeira página, o jornal Libération.

PPDA estaria pagando o preço por ter comparado Sarkozy a uma ‘criança entrando na corte dos grandes‘, em junho de 2007. O jornal Figaro trouxe, nesta sexta-feira (13/06), uma declaração do jornalista, que se diz ‘escandalizado’ e denuncia a ‘brutalidade’ de sua demissão: ‘Eu só quis garantir a independência da TF1, com toda a redação e a direção de jornalismo. Espero que a reorganização programada para área de informação do canal não ocasione outras demissões.’ Segundo o Figaro, PPDA não esconde a crença de que sua demissão está relacionada a questões políticas.

10 milhões de súditos-espectadores

Segundo a TF1, a chegada de Ferrari faz parte de um esforço para reverter uma queda de audiência da TV. Só não podemos esquecer que Sarkozy é amigo próximo do dono da emissora e que, recentemente, a jornalista Ferrari ganhou um processo contra a revista Closer devido a rumores sobre seu suposto namoro com Sarko.

A pergunta que não quer calar: A ‘criança que entrou para corte dos grandes’ teria o poder de passar o reinado do maior telejornal da Europa para Laurence Ferrari? Toda noite, a bela terá agora dez milhões de súditos-espectadores. Descontente, a plebe de jornalistas da redação da TF1, assinou, quarta-feira passada, uma carta de apoio a Poivre d’Arvor.

******

Jornalista, mestre em Comunicação e Informação pela Sorbonne – Paris IV (Celsa – Escola de Altos Estudos em Ciências da Informação e da Comunicação)

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem