Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

FEITOS & DESFEITAS > OBSERVAÇÃO DO LEITOR

O rei vestido de ditador

Por Paulo Cesar Lima Bastos em 20/11/2007 na edição 460

Todos os jornais e articulistas, por mim lidos, demonstraram total apoio ao ‘Por que não te calas?!’ proferido pelo rei Juan Carlos da Espanha contra Hugo Chávez, no Chile. Pessoas que se consideram democráticas, ainda que discordem de seus interlocutores, devem ouvi-los e, sendo o caso, contradizê-los com a mesma veemência e vigor. Mandar calar e ausentar-se da discussão é postura de ditador e de quem não possui argumentos para o debate.

Não se pode esquecer, neste ponto, do princípio da tolerância, formalizado por Voltaire que, por outras palavras, pode assim ser sintetizado: discordo de suas idéias, mas lutarei até a morte para defender o seu direito de expressá-las. Aliás, para nós, brasileiros, esse princípio está assegurado no inciso IV do art. 5º da Constituição Federal. Se o rei divergiu do pensamento de Chávez, devia, em nome da democracia, ouvi-lo até o final e, em contestação, refutá-lo com palavras. Sendo o caso, poderia até processar o ‘ofensor’.

Não se está aqui a concordar com o pronunciamento do presidente da Venezuela; bem diferente, está-se a reprovar uma atitude absolutista, própria de censores que selecionam o que pode e o que não pode ser dito. Lamenta-se, assim, a atitude antidemocrática do rei de Espanha e de seus súditos brasileiros, quais sejam, uma imprensa colonizada e articulistas idem, obedientes e concordantes com a metrópole.

***

Estou morando em Portugal e por aqui está uma indignação muito grande da comunidade africana com o programa do Jô Soares (vídeo disponível aqui). O video é algo impensável, não da para ver até o fim. Gostaria de saber se houve uma repercussão pública do caso no Brasil, se o Observatório tratou do assunto, se o movimento negro se manifestou. Sinto-me em débito com meus amigos africanos, especialmente os angolanos. Gostaria de ouvir que o programa foi amplamente repreendido, mas acho improvável que isto tenha acontecido. Aguardo uma manifestação de vocês sobre o assunto. (Andreia Moassab, urbanista, Lisboa, Portugal)

***

Fiquei impressionado com o poder do Hulk, o Luciano da TV Globo. Fez um barulhão quando roubaram seu precioso Rolex, e agora a eficiente polícia brasileira já desfez todo o esquema. No domingo (18/11), o Fantástico deu destaque a matéria referente uma das maiores quadrilhas especializadas em roubar relógios de valor. É hora do assalto. É Deus no céu e a Globo na terra – ou no inferno, quem sabe!? (André Francisco Oliveira Silva, estudante, Teófilo Otoni, MG)

******

Advogado, Cambará (PR)

Todos os comentários

  1. Comentou em 20/11/2007 Paulo Bandarra

    Me parece que Hugo Chaves que não esperou até o fim Sapatero falar e cortou a palavra do mesmo quando o Rei se manifestou. Quem foi mais mal educado? Com Chaves insitia em ganhar no grito, creio que ele foi! Aznar já está em casa, e Hugo Chaves usa a máquina pública para se perpetuar no poder! quem é o mais fascista, o coronel golpista de 1992 ou o ex-primeiro ministro? A simpatia pelo rei vem do fato que milhões estão com vontade de dizer o mesmo!

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem