Terça-feira, 17 de Setembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1055
Menu

FEITOS & DESFEITAS >

Os segredos dos Sarney

Por Leonardo Passos em 30/06/2009 na edição 544

Parece não ter fim a diversidade de denúncias envolvendo os integrantes do Senado Federal, notadamente diretores setoriais e os próprios senadores da República. A cada dia surgem fatos que aludem as mais nefastas ações perpetradas por esses representantes da sociedade brasileira, causando consideráveis tipos de reação não só no território nacional, mas também nos quatro cantos do mundo. 

O mais recente escândalo na Câmara Alta do Legislativo Nacional diz respeito ao presidente desta Casa, José Sarney, o qual reluta em defender a tese de que é um ‘homem público de longa e expressiva posição no contexto político brasileiro’ e, por isso, ‘jamais faria qualquer coisa para denegrir sua imagem ante a opinião pública’. O curioso é que o próprio Sarney anda por demais submerso em atos administrativos irregulares, evidenciando várias contratações de natureza nepotista. Até mesmo a solicitação de auditoria externa, segundo o presidente do Senado, seria necessária para aclarar as circunstâncias. Talvez ele tenha se esquecido que o veneno pode virar contra o feiticeiro, não? 

Não obstante, a então filha do ilustre político acima citado adotou suas premissas: Roseana Sarney possui até chofer exclusivo a seu inteiro dispor, cuja percepção mensal consubstancia invejáveis R$ 12.000. Evidentemente, muitos choferes dos mais elevados níveis da sociedade não têm tal privilégio. 

Engrossando mais as estatísticas do clã Sarney, aparecem na lista de contratações ilícitas até sobrinhos, cujas funções, à primeira vista, seriam de assessorar as mais diversas rotinas de gabinete. Realmente, infere-se que mais se trata de assuntos familiares do que os relacionados à gestão pública. 

Mídia repetitiva

Diante de eventos de tal calibre que já se tornaram rotina em todo tipo de noticiário, a população mais uma vez cobra as respostas para esses vergonhosos feitos. E a mídia, por se tornar tão repetitiva e não apresentar incentivo ao exercício da cidadania à população, mostra que anda mais atrás de furos de reportagem do que esclarecer, de fato, as questões dessa natureza. 

No entanto, os obscuros segredos inerentes aos membros da família Sarney mantêm-se em uma profundidade abissal, ganhando expressiva relevância diante dos ‘lobistas’, caracterizando uma parcial revelação das atitudes daqueles escolhidos para gerir e proporcionar soluções ao adequado melhoramento dos estratos sociais. Contudo, infere-se que este episódio não porá termo nas astutas artimanhas dessa parcela dos nossos agentes políticos, haja vista a essência corruptível do sistema constituído para promover o exposto em linhas precedentes. Mesmo assim, não há razão para desespero: como emana do famoso dito popular, a esperança é a última que morre!

******

Administrador de Empresas

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem