Quinta-feira, 15 de Novembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1013
Menu

FEITOS & DESFEITAS >

Patriotada da imprensa marca início dos jogos

Por Alberto Dines em 17/07/2007 na edição 442

A raiz grega pân-pantós, que tem o sentido de unidade-totalidade, além do prefixo genérico (pan-americano, pan-europeu etc), gerou uma série de sonoros vocábulos: panteísmo, panacéia, pânico, pandemônio, panteão, panegírico e pandemia. Com a decidida ajuda da mídia este Pan 2007 pode acabar como sinônimo de patriotada, mesmo sem relação etimológica.


Como a primeira jornada da olimpíada continental não foi grande coisa para a delegação canarinha (o país estava em sexto lugar na manhã de domingo e em sétimo na manhã seguinte) e como a derrotada na Copa América foi a Argentina, valia tudo, até desvarios xenófobos.


Manchete de segunda-feira do Globo: ‘Brasil humilha a Argentina e é bi’. A Folha, irreconhecível: ‘Brasil – vence Copa América, ganhou ouro no Pan e é imbatível no volei’. E na capa do caderno de esportes, a garotada vestiu a roupa de torcida organizada e soltou o grito de guerra: ‘Porrada’. Referiam-se a vitória do 3 a 0 contra a ‘favorita’ Argentina e à medalha de ouro conquistada pelo Brasil no taekwendo, a única até o momento (1h de 17/7).


No Estadão a prudência foi substituída pela exaltação: ‘Nunca menosprezem o futebol brasileiro’. O mancheteiro de plantão evidentemente esqueceu o acontecido na Alemanha em 2006. Coisa de domingos à tarde e redações vazias.


A verdade é que 24 horas depois deste show de ufanismo futebolístico, esta terça (17/7) amanheceu com o Brasil em 9º lugar, humilhado pela Argentina em 8º, República Dominicana em 7º, Venezuela em 6º, México em 5º e Colômbia em 4º.


O Jornal Nacional de segunda-feira parecia Paraíso Tropical, simbiose perfeita entre jornalismo-espetáculo e espetáculo-espetáculo: os irmãos esgrimistas vertendo copiosas lágrimas ao lado da mãe, a ginasta Jade Barbosa dando um show e perdendo na última exibição.


Felizmente o conceito de mídia-animadora-de-eventos está circunscrito aos esportes. Pior seria se mesmo procedimento fosse utilizado na cobertura política.


Em tempo: o Brasil ganhou na manhã desta terça-feira mais duas medalhas de ouro, saltando para a sexta colocação no ranking, com o mesmo número de ouro que a Argentina. Mas atrás da Colômbia e México…  


 

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem