Sexta-feira, 24 de Maio de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1038
Menu

FEITOS & DESFEITAS >

Polícia invade casa de presidente de emissora

22/05/2009 na edição 538

A polícia da Venezuela invadiu, na quinta-feira (21/5), uma casa de propriedade do presidente da emissora Globovisión, Guillermo Zuloaga. O chefe de polícia local, Wilmer Flores, afirmou que os policiais, acompanhados da guarda nacional, entraram na casa para investigar a presença de uma frota de carros no local. Em entrevista em seu próprio canal, Zuloaga afirmou que os veículos faziam parte de um negócio legal e questionou a necessidade de uma operação policial tão grande.


A Globovisión, critica ao presidente Hugo Chávez, foi acusada recentemente, pelo Partido Socialista Unido da Venezuela, de praticar ‘terrorismo midiático’. O governo chegou a sugerir que o canal poderia ser fechado. Há dois anos, a RCTV, principal emissora privada do país, não teve sua concessão de funcionamento renovada por Chávez, pois teria participado de um breve golpe contra ele. Depois deste episódio, outros canais suavizaram o tom das críticas ao governo, mas a Globovisión manteve-se altamente crítica ao presidente.


Partidários de Chávez classificam a emissora de ‘inimiga’ da ‘revolução socialista’ e ela está sob investigação pela cobertura de um terremoto no início de maio. O canal noticiou o incidente antes que o governo pudesse fazer um anúncio oficial, o que, segundo as autoridades, ‘gerou pânico’ na população. Informações da Reuters [22/5/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem