Domingo, 17 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

FEITOS & DESFEITAS > JOGOS PAN-AMERICANOS

Rede Globo botou a viola no saco

Por Fernando Soares Campos em 07/08/2007 na edição 445

Por que a Globo calou Galvão Bueno na festa do Pan? Que se queira ou não, que se goste ou não, a Rede Globo é uma das mais poderosas redes de TV do mundo. Sustenta, há muitos anos, a maior audiência brasileira. Porém, essa mesma emissora, que tem no povo a sua principal fonte de renda, mais uma vez desrespeitou esse povo. Isso não seria novidade alguma se o que estou pretendendo dizer fosse apenas no sentido da manipulação que essa emissora promove através de sua programação, distorcendo fatos, acariciando os amigos, raposas políticas, e massacrando os inimigos, com golpes baixos, ora veiculando meias-verdades, ora mentindo escancaradamente.

Desta vez a Rede Globo desrespeitou seu público por tê-lo abandonado.

A Globo fez uma milionária cobertura dos Jogos Pan-Americanos, o Pan do Brasil 2007. Até contratou uma equipe de atletas famosos, celebridades do mundo dos esportes, para acompanhar e comentar as diversas modalidades esportivas com abalizadas opiniões de quem entende do assunto. Os esportistas prestaram assistência aos repórteres e âncoras dos diversos programas da emissora, e o telespectador saiu ganhando, pois muitas dúvidas de caráter técnico foram esclarecidas, assim como discorreram didaticamente sobre os preparativos para as disputas, as regras dos jogos. Enfim, descontando algumas compreensíveis bobagens que um ou outro possa ter dito, no geral o apoio logístico trouxe benefícios à cobertura da Globo no Pan 2007. A meu ver, Hortência Marcari, por exemplo, desempenhou muito bem o seu papel de comentarista.

‘Que raiva, mãe!’

Não se é obrigado a gostar do Galvão Bueno, mas ele é um dos empregados da Globo que mais vibra com a emissora. Tenho certeza de que ele se sentiu mal vendo a festa do Pan do Brasil e não podendo estar na tela da Globo para dizer as bobagens dele, bobagens alegres. Imagine o Galvão, aqui no Brasil, no Rio de Janeiro, impedido de vibrar na festa de encerramento do Pan.

A Globo ficou com a maior fatia de toda a grana da publicidade e, no final, abandonou o seu público. Fartou-se com as verbas da Caixa, da Petrobras… muitos milhões! E, na festa de encerramento, abandonou seu público. Deixou o Faustão no ar. Orra, meu! Isso não se faz.

Muita gente preparou seus cartazes para a festa de encerramento. São aquelas pessoas que gostam de dar adeuzinho para as câmeras, brincar com Galvão Bueno, exibir frases engraçadas.

** ‘Galvão, é nóis no Pan!’

** ‘Mãe, tô na Globo!’

** ‘Galvão, a gente se encontra em Guadalajara!’

Dessa vez, exibiram os cartazes para o vácuo, pois todos pensavam que a Rede Globo estava transmitindo a festa do Pan. Ergueram seus cartazezinhos, pularam e gritaram para as câmeras. Ao tomarem conhecimento de que passavam por palhaços… ‘Que raiva, mãe!’

A novela dos cubanos

No sábado, 28/07/2007, véspera da festa de encerramento dos Jogos Pan-Americanos do Brasil, na cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, a Rede Globo de Televisão colocou repórteres nos calcanhares da delegação cubana, acompanhando-a até o aeroporto do Galeão, informando ao público que eles estavam abandonando o evento, voltando a Cuba às pressas por ordem do ‘ditador’ Fidel Castro, que temia uma fuga de atletas cubanos em massa…

Alardearam para os quatro cantos do mundo:

** Cubanos voltam às pressas para casa por ordem do governo

** O governo cubano mandou que voltassem às pressas os atletas que disputaram o PAN.

** Motivo oficial: alguns deles estariam sendo assediados por emissários de clubes da Europa.

** Motivo não-oficial: haveria o risco de uma deserção em massa. (Blog do Noblat)

Motivo oficial e motivo não-oficial! Essa foi demais!

Agora, tomamos conhecimento de que nada disso é verdade. O administrador da Vila do Pan informou que, desde a chegada da delegação cubana, foi informado e registrado que os cubanos retornariam ao seu país daquela forma, em grupos e dias determinados, conforme a disponibilidade de vôos dos cubanos.

O grupo de cubanos que viajou na véspera da festa de encerramento do Pan saiu de Cuba com aquela programação, tudo estabelecido para acontecer conforme aconteceu. A Rede Globo, como sempre, deu mais uma rasteira no público: informou que os cubanos estavam fugindo, estavam sendo conduzidos às pressas por ordem de Fidel. Que vergonha! A Globo, sim, fugiu do Maracanã para não mostrar os cubanos que ficaram, conforme programado, de acordo com sua a organização, para a festa de enceramento. Tentaram humilhar o povo cubano, informando, do aeroporto, ao vivo, que os atletas cubanos estavam sendo levados às pressas. Fugindo, ou tangidos como gado!

Pura armação!

Gente sem pão, ficou com o circo

O que diria Galvão Bueno na festa de encerramento do Pan diante dos 200 cubanos que entraram no Maracanã representando seu país?

‘Ah, ficaram só uns 200, desculpem, idiotas do sofá!, a gente estava só sacaneando os cubanos!’

Não, Galvão Bueno não diria isso; mas a direção da Rede Globo, sim: não só pensaria, mas diria.

Entretanto, o desrespeito maior foi ao povo brasileiro, principalmente ao seu público, à sua fantástica audiência! A Rede Globo pode ser assistida em qualquer parte do território nacional. Muita gente, em lugares onde a Band não chega, acompanhou toda a cobertura do Pan através da Globo. Muita gente, naquele domingo, gente simples, lá dos cafundós do Judas, ligada na Globo, esperou pelas imagens da festa de encerramento do Pan. Gente pobre que não pode pagar TV por assinatura. Gente que nem sempre tem o pão, ficou com o circo do Faustão.

A Globo não pôde, por vergonha e ódio, transmitir a festa de encerramento do Pan, fugiu do Maracanã. A Globo enfiou o rabo entre as pernas e fugiu do Maraca! Vergonha!

******

Escritor, Rio de Janeiro, RJ

Todos os comentários

  1. Comentou em 10/08/2007 Rodrigo Fonseca

    Este papelão da Globo na cobertura do encerramento do Pan, mais o papelão dos riquinhos tacadores de ovos de Ipanema, formam dois grandes acontecimentos ‘blindados’: não têm muita repercussão, circulam de forma bastante marginal, só para ‘iniciados’. É possível fazer repercutir acontecimentos anti-Globo??? Esta questão, melhor formulada, daria um ótimo debate no programa…

  2. Comentou em 09/08/2007 Daniel F. Silva

    Lendo o texto e os comentários até aqui escritos, chego à seguinte conclusão: a esquerda, além de ser um câncer em estado terminal, causa cegueira e surdez… Sabia-se que a Globo não iria transmitir a cerimônia de encerramento do Pan desde a quinta-feira anterior, ou seja, dois dias antes da fuga em massa daquela leva de cubanos para o Galeão. Fuga em massa, sim! Ou será que a seleção de vôlei que ganhou o bronze não receberia as medalhas, evitando uma vaia monumental no Maracanãzinho? Portanto, não procede a tola e infantil acusação de não-transmissão somente para relatar que havia cubanos lá. Particularmente, também acho que a Globo deveria ter transmitido o encerramento, mas como diz a ministra, relaxa e goza.

  3. Comentou em 09/08/2007 Daniel F. Silva

    Lendo o texto e os comentários até aqui escritos, chego à seguinte conclusão: a esquerda, além de ser um câncer em estado terminal, causa cegueira e surdez… Sabia-se que a Globo não iria transmitir a cerimônia de encerramento do Pan desde a quinta-feira anterior, ou seja, dois dias antes da fuga em massa daquela leva de cubanos para o Galeão. Fuga em massa, sim! Ou será que a seleção de vôlei que ganhou o bronze não receberia as medalhas, evitando uma vaia monumental no Maracanãzinho? Portanto, não procede a tola e infantil acusação de não-transmissão somente para relatar que havia cubanos lá. Particularmente, também acho que a Globo deveria ter transmitido o encerramento, mas como diz a ministra, relaxa e goza.

  4. Comentou em 09/08/2007 Dalva Maria .

    Fernando, quero parabenizá-lo por essa matéria tão esclarecedora acerca do que aconteceu na festa de encerramento do Pan. Confesso que fiquei com o circo do Faustão e esperando que a qquer momento a Globo fosse transmitir a festa. Eu nunca havia estado com a TV sintonizada na Globo com tanta expectativa. Primeiro pq não possuía TV a cabo e aqui, a Bandeirantes não tem uma boa sintonia. Segundo, e o mais importante, é que eu queria ver o comportamento da ‘claque do César Vaia’ no encerramento, com a cobertura do Galvão Bueno. A espera foi inútil e para passar o tempo eu participava do circo do Faustão como equilibrista, ‘na corda bamba de sombrinha”. Só assim mesmo para aguentar o pau mandado da Globo, vulgo Faustão, cuja função é desequilibrar mentes, distorcendo fatos e desmoralizando o governo. Orra meu!!!! Que saco aguentar o domingão com Faustão!!!!! Mas era de se esperar que a Globo, após aquele fiasco de detonar os cubanos que regressavam para suas casas, se furtasse a cobrir o encerramento do Pan, pois, bem como vc disse, ‘fugiu do Maracanã para não mostrar os cubanos que ficaram para a festa de enceramento’. Em outubro vence a concessão da Rede Globo e eu estou preparadíssima para levantar a bandeira: CHEGA DE GOLPISMO DA GLOBO!!!!!!
    Amigo, um gde abraço.

  5. Comentou em 09/08/2007 Dalva Maria .

    Fernando, quero parabenizá-lo por essa matéria tão esclarecedora acerca do que aconteceu na festa de encerramento do Pan. Confesso que fiquei com o circo do Faustão e esperando que a qquer momento a Globo fosse transmitir a festa. Eu nunca havia estado com a TV sintonizada na Globo com tanta expectativa. Primeiro pq não possuía TV a cabo e aqui, a Bandeirantes não tem uma boa sintonia. Segundo, e o mais importante, é que eu queria ver o comportamento da ‘claque do César Vaia’ no encerramento, com a cobertura do Galvão Bueno. A espera foi inútil e para passar o tempo eu participava do circo do Faustão como equilibrista, ‘na corda bamba de sombrinha”. Só assim mesmo para aguentar o pau mandado da Globo, vulgo Faustão, cuja função é desequilibrar mentes, distorcendo fatos e desmoralizando o governo. Orra meu!!!! Que saco aguentar o domingão com Faustão!!!!! Mas era de se esperar que a Globo, após aquele fiasco de detonar os cubanos que regressavam para suas casas, se furtasse a cobrir o encerramento do Pan, pois, bem como vc disse, ‘fugiu do Maracanã para não mostrar os cubanos que ficaram para a festa de enceramento’. Em outubro vence a concessão da Rede Globo e eu estou preparadíssima para levantar a bandeira: CHEGA DE GOLPISMO DA GLOBO!!!!!!
    Amigo, um gde abraço.

  6. Comentou em 03/09/2005 Ernani Coelho Neto

    Senhores,

    Meu nome é Ernani Coelho Neto. Sou coordenador do curso de Administração com Habilitação em Marketing da Faculdade de Tecnologia Empresarial (fte.com.br) em Salvador. Sou, também, aluno do curso de Doutorado em Comunicação e Cultura Contemporâneas da UFBA. Estou fazendo uma pesquisa para a minha tese sobre o que pensam os usuários das comunidades virtuais quando as empresas as utilizam para promover seus produtos. Ficaria enormemente grato se os Senhores me ajudassem a divulgar o questionário eletrônico que está em http://www.fte.com.br/ecn. Não é necessário se identificar e em momento nenhum será solicitado revelar dados cadastrais ou financeiros. As informações colhidas servirão apenas para fins acadêmicos. Ao final do trabalho ficarei feliz em partilhar os resultados da pesquisa.

    Muito obrigado

    Ernani Coelho Neto

    (71) 2106-3999

    ecn@fte.com.br

    ernanicn@terra.com.br

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem