Terça-feira, 17 de Setembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1054
Menu

FEITOS & DESFEITAS >

Relatório mapeia blogueiros cubanos

15/09/2009 na edição 555

Na comunista Cuba, onde a mídia é controlada pelo governo, nasceu uma blogosfera vibrante. ‘Apesar dos obstáculos técnicos e legais, um número crescente de blogueiros cubanos venceu as rígidas restrições à rede para disseminar seus pontos de vista e notícias da ilha’, aponta um relatório recente do Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ). ‘Os blogueiros abriram um novo espaço para a liberdade de expressão no país, oferecendo um sentido de esperança para o renascimento de ideias independentes no sistema fechado de Cuba’.

Segundo a organização, com sede em Nova York, há no mínimo 25 blogs independentes produzidos por internautas cubanos. Outros 75 estão ativos, mas não têm foco em notícias. Ao contrário dos jornalistas independentes que, nos anos 90, entraram em confronto com o governo, os atuais blogueiros se concentram nos esforços pela disseminação de informações.

De acordo com o relatório, de autoria de Carlos Lauria, coordenador do CPJ para as Américas, e Maria Salazar Ferro, pesquisadora da organização, os blogueiros cubanos são em sua maioria jovens de 20 a 30 anos, estudantes, professores, artistas e músicos que vivem em Havana, onde o acesso a computadores e à internet é um pouco mais facilitado que no restante da ilha. Ainda assim, o acesso é caro e disponível apenas em moeda usada por turistas. Segundo o governo, 13% da população têm acesso à rede, mas na realidade a proporção é bem menor. Informações da AFP [11/9/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem