Quarta-feira, 20 de Junho de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº991
Menu

FEITOS & DESFEITAS > OLIMPÍADAS 2008

RSF controla ondas de rádio em protesto

12/08/2008 na edição 498

A Repórteres Sem Fronteiras assumiu as rigidamente controladas ondas de rádio da China em protesto simbólico exigindo livre discurso algumas horas antes de o início das Olímpiadas de Pequim, na sexta-feira (8/8). A transmissão da RSF durou 20 minutos e foi transmitida em inglês, francês e chinês.

‘A China é o país da censura e este programa é nossa maneira de tirar sarro das autoridades chinesas que continuam mantendo centenas de jornalistas e usuários de internet na prisão’, disse uma voz no início da transmissão. ‘É nossa maneira de dizer a eles: apesar de tudo o que vocês fazem, aqui estão as vozes do povo que vocês querem silenciar, e elas falam no coração de Pequim no primeiro dia das Olimpíadas. É nossa maneira de dizer: sejam quais forem suas medidas, nunca serão capazes de abolir o livre discurso.’

O grupo sediado em Paris disse que esta tomada de controle das ondas de rádio é a primeira transmissão não-estatal desde que o Partido Comunista assumiu o poder, em 1949. Segundo notícia da AFP [7/8/08], a transmissão pôde ser ouvida em diversos bairros de Pequim 12 horas antes do início oficial dos Jogos.

O secretário-geral da organização, Robert Menard, afirmou que autoridades chinesas negaram visto para 10 dos membros dos RSF. ‘Mas isso não nos impediu de nos fazer ouvidos em Pequim através de uma transmissão de rádio clandestina’, disse.

Integrantes do RSF também interferiram na cerimônia da tocha olímpica na Grécia, no começo deste ano, protestando durante todo o revezamento que culminaria com o acendimento da tocha.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem