Domingo, 19 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

FEITOS & DESFEITAS > ALEMANHA

Springer desiste de vender TV

18/01/2006 na edição 364

A Axel Springer, maior editora de jornais da Alemanha, retirou sua oferta de venda do canal de TV ProSieben para conseguir aprovação oficial para a compra da rede ProSiebenSat.1. ‘A Springer chegou à conclusão de que a venda do canal antes da concretização da compra [da rede] não é uma opção legal’, anunciou a companhia em declaração.


Na semana passada, a Springer propôs vender o canal depois que o escritório antitruste e a comissão que regula a concentração de mídia no país se opuseram à compra da ProSiebenSat.1, alegando que o negócio colocaria muitos veículos de diferentes setores da mídia sob o mesmo controle. A empresa resultante da união da Springer com a ProSiebenSat.1 seria a segunda maior companhia de mídia da Alemanha, com veículos impressos e canais de TV. A venda do tablóide Bild, carro-chefe da editora, ou de um dos principais canais da rede de TV poderia facilitar a aprovação dos órgãos regulatórios.


O escritório antitruste confirmou em declaração a decisão da Springer de retirar a proposta de venda do ProSieben. O órgão afirmou que daria à empresa mais tempo no processo, e que seu veredicto final sobre a compra deve ser anunciado em 28/1. Informações de Simon Thiel [Bloomberg, 16/1/06].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem