Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

FEITOS & DESFEITAS > TELETIPO

Tiragem em alta não impede cortes no USA Today

20/11/2007 na edição 460

O USA Today, jornal de maior tiragem nos EUA, anunciou que eliminará 45 postos de trabalho em sua redação, o equivalente a 9% do total de sua equipe. Alexandra Nicholson, porta-voz do diário, disse que as rubricas de economia, esportes e cotidiano serão as mais afetadas. Em um memorando interno, o editor Ken Paulson alegou que o jornal espera reduzir a equipe com demissões voluntárias. ‘Infelizmente, temos que tomar estas medidas, mesmo com nossa tiragem aumentando’, afirmou. ‘Os lucros não estão estáveis e estamos sofrendo os mesmos cortes que outras empresas de mídia já sofreram’. Do começo do ano até agora, o USA Today reportou quedas de 1 a 8% nos lucros. Ao contrário de outros diários, sua tiragem manteve-se forte. De acordo com o Audit Bureau of Circulations, o USA Today foi um dos três jornais dentre os 20 maiores do país a ter aumento nas tiragens nos últimos seis meses – os outros foram o Los Angeles Times e o Philadelphia Inquirer. O diário tem circulação de 2,3 milhões de exemplares e é um dos 85 jornais de propriedade do grupo Gannett, que conta com circulação total de 7,2 milhões. Informações de Matthew Barakat [AP, 15/11/07].

Com um ano, consórcio do Yahoo prospera

Prestes a completar seu primeiro aniversário, o consórcio de compartilhamento de conteúdo, publicidade e tecnologia liderado pelo Yahoo conseguiu 17 novos jornais parceiros – o Columbus Dispatch e outras 16 publicações regionais de propriedade do New York Times Company. A rede, que já conta com a participação de 415 diários americanos e 140 publicações semanais, teve como primeiro objetivo integrar as listas de classificados de empregos dos jornais no HotJobs, banco de dados online do Yahoo. Para os impressos, a parceria é uma boa maneira de enfrentar a migração dos anúncios para a internet. Passos seguintes incluem o compartilhamento de manchetes com o Yahoo, o uso da ferramenta de buscas do portal e um sistema mais sofisticado de distribuição de publicidade a internautas – este último disponível apenas no próximo ano. Segundo Lem Lloyd, que dirige o consórcio, a parceria já começou a dar frutos para as partes envolvidas – ele não revela, entretanto, o tamanho dos frutos. Informações de Seth Sutel [AP, 18/11/07].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem