Sábado, 18 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

FEITOS & DESFEITAS > OBSERVAÇÃO DO LEITOR

Tudo igual, sem tirar nem pôr

Por Paulo Cesar Lima Bastos em 30/01/2007 na edição 418

Gostaria de entender o porquê de todas (sem exceção) as emissoras de TV apresentarem, em seus telejornais, as mesmas notícias. Quem determina esse ‘comportamento padrão’? É o ‘sistema’? Quem o comanda? As notícias internacionais, então, são todas iguais, sem variação?

Dificilmente (ou quase nunca, mesmo) vemos uma matéria sobre um fato ocorrido, por exemplo, na Dinamarca. Tirando os incêndios recorrentes na Austrália, não sabemos o que se passa na terra dos cangurus (outro exemplo). Já repararam que as imagens da Índia mostram, invariavelmente, um país atrasado e um povo paupérrimo? E os centros mais desenvolvidos, e as castas mais abastadas? É proibido filmar?

Por outro lado, eis um bom tema para esse Observatório trabalhar: a TV Bandeirantes não tem Big Brother, mas, enquanto esse programa não acaba na Globo, às quartas-feiras, os jogos do Campeonato Paulista, transmitidos pela Band, não podem começar! Será que a Globo é tão poderosa assim? Quanto custa isso? Depois, vocês acham que o Chávez está errado quando critica O Globo.

***

Fiquei chocado com a atitude de um fotorrepórter de Franca que preferiu tirar as fotos da situação desesperadora de uma mãe e seu filho, quase se afogando num poço, do que ele próprio ajudar os dois a saírem daquela situação. Será que um furo jornalístico vale muito mais do que as vidas humanas? Até quando nossa imprensa ficará fabricando heróis? (Alexandre Lucilio da Cruz, historiador, São Paulo, SP)

******

Advogado, Cambará, PR

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem